Blog / Adiberto Souza

Adiberto Souza

Adiberto de Souza tem mais de 35 anos de experiência profissional e atuou nas redações de todos os jornais de Aracaju, além de TVs e rádios sergipanos. Foi também correspondente do Jornal do Brasil em Sergipe e do jornal A Tarde (BA). Durante mais de 10 anos, foi editor de política do Jornal da Cidade, em Aracaju. Atualmente é editor e atua como assessor de comunicação.

« página inicial do blog
06/06/2017 às 11h08

Rabo de égua

Rabo de égua

O governador Jackson Barreto (PMDB) procurou saber quais os planos de investimento da Petrobras em território sergipano. Foi informado pela gerência da empresa que os campos de Sergipe e Alagoas produzem hoje 30 mil barris/dia de petróleo. Segundo a estatal, a estimativa é que, nos próximos cinco anos, a produção chegue a 30 mil barris diários somente em Sergipe. Os números deixam claro um crescimento pra baixo, tal qual rabo de égua, além de escancarar o desinvestimento da petrolífera no estado. Em 2013, a bacia Sergipe/Alagoas já produzia 40 mil barris/dia – 10 mil a mais do que produz hoje - e a estatal previa aumentar esta produção em cinco vezes, saltando, assim, para 200 mil barris/dia. À época, a Petrobras planejava explorar novos poços de óleo, a exemplo dos 1-BRSA-1108-SES (1-SES-172), localizado a 85 km de Aracaju; 1-SES-168 (denominado Moita Bonita), 3-SES-165 (Barra) e 1-SES-167 (Farfan), todos em águas ultraprofundas. Lamentavelmente, a queda do preço do petróleo e a roubalheira descoberta pela Operação Lava Jato nas entranhas da estatal, abortaram os planos de investimento e sepultaram o sonho de Sergipe se transformar num grande produtor nacional de petróleo.

 

Saúde falida 

Cinco pessoas se acorrentaram, hoje cedo, na porta de acesso ao posto de Saúde Hugo Gurgel, zona sul de Aracaju. Elas protestam contra a demora para fazer exames clínicos. As mulheres acorrentadas expuseram cartazes perguntando ao secretário André Sotero quem realmente manda na saúde municipal, se ele ou a turma da Mônica. Segundo as manifestantes, passa de um ano o tempo de espera para fazer um exame clínico nas unidades da Prefeitura. Crendeuspai!

 

Sergipe sangra

Embora a secretaria da Segurança Pública insista em negar, Sergipe é o estado mais violento do Brasil. Estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), mostra que a taxa de homicídios no estado aumentou mais de 130% em 10 anos, tendo, em 2915, chegado a exagerados 58,1 assassinatos para cada 100 mil habitantes. Naquele ano, 1.303 pessoas foram mortas em Sergipe. O município de Socorro, na Grande Aracaju, é o 3º mais violento do país. Socooooorro!

 

Rico azarado

Dirigindo um possante Mercedes prateado, um ricaço arriscou fazer uma manobra proibida numa avenida da zona sul de Aracaju. Resultado: atropelou justamente uma moto dirigida por um policial do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam). Felizmente, o militar sofreu apenas leves escoriações e o rico azarado assumiu o conserto da motoca. Só encomendando um ebó. Pé de pato, mangalô três vezes! 

 

Sangue novo

O empresário Jorge Santana é a mais nova contratação do prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PCdoB). Ex-secretário do governo de Sergipe e forte liderança empresarial, o novo auxiliar do comunista vai assumir a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Turismo. Jorge Santana foi um dos responsáveis pelo programa de governo do então candidato Edvaldo Nogueira. A posse está prevista para a próxima semana. Boa sorte!

 

Mulher do padre

Veja o que o jornalista Diógenes Brayner publica hoje no Correio de Sergipe: “Quem estava na festa de Indiaroba era o prefeito de Socorro, Padre Inaldo (PCdoB), e sua mulher, Carminha, que é candidata à deputada estadual, para manter a tradição das primeiras damas de Socorro. O padre e a mulher passaram parte da noite dançando agarradinhos”. Misericórdia!

 

Vão às urnas

Os professores da prefeitura vão às urnas nesta terça-feira para eleger a nova diretoria do Sindicato dos Profissionais do Ensino do Município de Aracaju. Está na disputa apenas a chapa encabeçada pelo atual presidente, professor Adelmo Meneses Santos. Os eleitores podem votar na sede do sindicato ou nas 13 urnas que circularão pelas 75 escolas municipais.

 

Desumanidade

Uma em cada três mulheres grávidas em presídios foi obrigada a usar algemas na internação para o parto, e mais da metade teve menos consultas de pré-natal do que o recomendado. Segundo estudo da Fundação Oswaldo Cruz, durante o período de hospitalização, 15% das presas afirmaram ter sofrido algum tipo de violência, seja verbal, psicológica ou física. A pesquisa mostra, ainda, que 32% das detentas grávidas não fizeram teste de sífilis e 4,6% das crianças nasceram com a forma congênita da doença.

 

E existe?

 

E o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) acusa o deputado federal Valadares Filho (PSB) de torcer contra o Forró Caju. Segundo o comunista, além de não trabalhar em favor do forrobodó, Vavazinho torce nas redes sociais contra a festa. Que festa?

 

Recorte de jornal

 

Publicado no jornal aracajuano O Republicano, em 22 de novembro de 1890.

 

Resumo dos jornais

 

Postado por Adiberto Souza
Comentários