Sergipe

19/05/2017 às 18h19

Agentes e guardas prisionais descobrem túnel e evitam fuga em presídio de Glória

Assessoria

O empenho da direção, agentes e guardas prisionais do Presídio Senador Leite Neto (Preslen), em Nossa Senhora da Glória, evitou que houvesse uma fuga em massa na tarde desta sexta-feira, 19, naquela unidade, com a descoberta de um túnel com aproximadamente dois metros de profundidade. Segundo cálculos do diretor do Preslen, João Marcos de Souza Campos, possivelmente, a escavação já estava sendo feita há uma semana.

“O túnel estava sendo feito no horto e, claro, iria para o lado de fora da prisão”, explicou João Marcos. Ele acredita que cerca de 60 internos – de um total de 263 – poderiam ter fugido, caso o túnel não tivesse sido descoberto a tempo. “O túnel estava sendo feito no horto e, claro, iria para o lado de fora da prisão”, explicou João Marcos. Ele acredita que cerca de 60 internos – de um total de 263 – poderiam ter fugido. “Foi descoberto pelo nosso serviço de inteligência e, graças a Deus, conseguimos evitar que dezenas de presos fugissem”, disse D’Klin Cardoso, vice-diretor do Preslen.”, disse D’Klin Cardoso, vice-diretor do Preslen.

Agora, guardas e agentes prisionais estão tratando de fechar o túnel. O setor de engenharia da Secretaria de Justiça e Defesa do Consumidor (Sejuc) também está no local para coordenar os trabalhos.

Essa é a segunda vez, em quatro meses, que o setor de inteligência da Sejuc descobre um túnel no Preslen e aborta uma fuga. “O mais importante de tudo é a demonstração de credibilidade que a gestão tem recebido. A confiança e o trabalho de inteligência que tem sido feito dentro e fora das unidades, tem colhido os frutos necessários para evitar que as fugas aconteçam”, disse o secretário de Justiça, Cristiano Barreto, que acompanhou os trabalhos da direção, agentes e guardas prisionais do Preslen. “Eles são abnegados e muito compromissados com a missão que escolheram. Estão de parabéns”, ressaltou.


Fonte: Assessoria