Sergipe

28/04/2017 às 08h45

Mulher é presa suspeita de integrar grupo criminoso em Lagarto

Lagartense.com

Policiais da Divisão de Homicídios da Delegacia Regional de Lagarto, prenderam nessa quinta-feira (27) Edclea Santos Pereira Silva, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Vara Criminal de Lagarto.

Ela é suspeita de integrar grupo criminoso responsável pela prática dos homicídios de Genilson Souza dos Santos e dos jovens Fabrício José da Silva e Alan Goes, crimes ocorridos na cidade de Lagarto, em setembro, outubro e novembro do ano passado, respectivamente.

Os Casos

Genilson foi morto a tiros no bairro Estação supostamente por dívida decorrente do tráfico ilícitos de entorpecentes. Já o homicídio de Fabrício, amigo de Genilson, teria sido um desdobramento do primeiro caso.

Em novembro, o grupo criminoso executou o jovem Alan Goes com vários disparos de pistola calibre 380, dentro de uma loja de motos, na avenida Contorno, a mais movimentada de Lagarto.

Prisões

Já foram presos Irinesia Teles, a Ninha de Chaparral, os indivíduos Alef Michel Hora, Matheus Jonas Oliveira e Isaias Teles, suspeitos de integrar o grupo. O quinto integrante, Anderson Souza, acabou morto em confronto com a Polícia, em dezembro passado. Edclea é filha de Ninha de Chaparral e foi companheira de Anderson Souza


Fonte: Lagartense.com