Sergipe

24/02/2017 às 11h30

Vigilante acusado de estuprar e engravidar enteada é preso em Estância

SSP/SE

Esse foi o 11º acusado de estupro preso em menos de um ano

Agentes da Polícia Civil da delegacia do município de Santa Luzia do Itanhy, localizada no leste sergipano, prenderam no final da tarde dessa quinta-feira, 23, o vigilante M. M. S. de 31 anos, acusado de estuprar a própria enteada de apenas 15 anos.
"Os abusos sexuais contra a enteada começaram quando ela ainda tinha 10 anos, sendo que no ano passado o acusado forçou a garota por duas vezes a ter relações sexuais com ele, enquanto sua mãe e irmãos dormiam", explicou o delegado Wanderson Bastos, responsável pela apuração do crime.
A adolescente está grávida do homem e a gravidez já está no quinto mês. Todos os estupros contra a vítima foram praticados em Santa Luzia do Itanhy onde acusado e vítima residiam, juntamente com a mãe da menina e com os seus meio-irmãos.
Iniciadas as investigações, o acusado desapareceu do município. Assim, foi necessário que a Polícia fizesse levantamentos de inteligência para descobrir onde ele trabalharia. Constatou-se, desse modo, que ele trabalhava numa empresa de Estância como vigilante armado.
Com esses dados, os agentes montaram campana e esperaram o acusado chegar à empresa onde lhe deram voz de prisão.
Levado à delegacia, o acusado foi ouvido na presença de duas advogadas e confessou que por duas vezes teve relações sexuais com sua enteada e ainda afirmou que ela consentiu, o que foi negado pela vítima.
O acusado está agora à disposição do Poder Judiciário em Santa Luzia do Itanhy.


Fonte: SSP/SE