Sergipe

21/02/2017 às 07h16

Garis e margaridas de Aracaju paralisam atividades nesta terça-feira, 21

Redação Portal A8

Os garis e margaridas de Aracaju decidiram deflagrar greve geral a parte desta terça-feira (21), segundo a categoria, a empresa Cavo não atendeu a pauta de reinvindicações. Nesta terceira paralisação, os trabalhadores exigem condições mínimas de trabalho, apenas 30% do efetivo vai fazer o trabalho de coleta do lixo e limpeza nas ruas da capital.

Por meio de nota, a empresa de limpeza urbana, a Cavo informou que já está atendendo reivindicações apresentadas pelos trabalhadores, durante reunião de mediação realizada no Ministério Público do Trabalho na última sexta feira, 17. A empresa iniciou a compra e vai distribuir ao longo da semana EPIs (máscaras, óculos, luvas e botas), mandou confeccionar novos uniformes que serão distribuídos em breve e está alterando a logística do fornecimento de água durante a operação de coleta do lixo em benefício dos colaboradores.

A Cavo lembra que já atendeu a outras reivindicações feitas em setembro de 2016 e que é a primeira empresa a pagar Participação nos Lucros e Resultados para funcionários da limpeza urbana em Aracaju. A Cavo permanece aberta ao diálogo com o Sindelimp.

Segundo o assessor da Emsurb, Augusto Aranha, a direção da Emsurb tem feito esforços para diminuir o lixo nas ruas da capital.