Sergipe

20/02/2017 às 11h45

Valdione Sá não recebe salários da Alese desde junho de 2016, relata Alese

Assembleia Legislativa de Sergipe

Em resposta a uma matéria, com chamada de capa, de um semanário, afirmando que o presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe “PAGA SALÁRIO ATÉ DE MORTO”, o poder Legislativo sergipano informa a sociedade que, desde o dia 23 de maio de 2016 o departamento pessoal, após apresentação da certidão de óbito do servidor Antônio Valdione de Sá, foi dado baixa em nossos sistemas, finalizando a partir dessa data, os pagamentos.

Informamos também, que toda a tramitação necessária para a que a senhora Josilene Nascimento de Sá, viúva do servidor, passasse a receber o que a legislação garante, através do instituto de previdência de Sergipe, por meio do requerimento apresentado ao Instituto em 31 de maio de 2016. Tal pedido foi deferido pelo Órgão, no dia 12 de julho do mesmo ano.

O presidente da Assembleia Legislativa de Sergipe informa que toda a imprensa sergipana tem o direito sagrado de publicar o que suas editorias entenderem, e jamais agirá para cercear esse direito constitucional da liberdade de expressão. Lamenta apenas que a vida de um cidadão, já falecido, juntamente com toda a sua família, tenha sido exposta de forma indevida, equivocada e sem que a Assembleia Legislativa de Sergipe tenha tido o direito de poder apresentar a documentação que comprovaria a lisura com que este Poder agiu no referido caso, e reafirmamos que desde o mês de junho de 2016 não pagou um centavo ao falecido.

 


Fonte: Assembleia Legislativa de Sergipe