Sergipe

02/01/2017 às 10h21

Prefeita empossada de Capela encontra prefeitura revirada e precisa interditar o prédio

Redação Portal A8

Fotos: Josival Bezerra
A situação encontrada pela prefeita empossada da cidade de Capela, Silvany Sukita, na manhã desta segunda-feira (2) impediu o início dos trabalhos administrativos nesse primeiro dia útil de 2017. A sala onde a prefeita deveria despachar estava completamente revirada, documentos rasurados, pastas de arquivos jogadas, papéis espalhados. Com esse cenário de destruição, a prefeita optou por fazer a interdição do prédio da prefeitura.

"A sala da secretaria de obras também estava com os arquivos revirados. Não somente os arquivos documentais como também os arquivos eletrônicos e o sistema de rede e internet foram desativados. Até os cabos de internet foram cortados e a faca usada foi colocada na mesa próxima ao servidor central. Por isso resolvi fazer a interdição do prédio hoje para preservar ao máximo o ambiente", relatou a prefeita Silvany Sukita.

Ela conta ainda que a abertura das salas da prefeitura e o flagrante do estado caótico encontrado por lá foi testemunhado por servidores efetivos do município. Silvany destaca também que a solenidade de transmissão de posse, ocorrida ontem, não teve nenhum representante da antiga administração.

Segundo a atual prefeita de Capela, toda a documentação das pastas das secretrarias de Finanças, Saúde, Assistência Social e Processo Licitatório não foram encontradas. "Vamos acionar a SSP, já que o delegado da cidade encontra-se em férias, para que sejam apuradas as responsabilidades de tudo isso. Apesar da situação encontrada na prefeitura, vamos atuar para fazer o levantamento da atual situação do município, trabalhar com eficácia e rapidez para, o mais breve possível, dar continuidade aos serviços e fazer a prefeitura funcionar", disse Silvany.

Nota da Assessoria de Comunicação do ex-prefeito

 A Administração Novo Tempo, por meio do agora ex-prefeito Ezequiel Leite, vem a público esclarecer que:

- Fez questão de reunir os funcionários e colaboradores da Administração, e os recomendou deixar as instalações em perfeitas condições de funcionamento, para que os serviços sejam continuados - com os computadores funcionando e os documentos em seus devidos lugares;

- A transição foi feita e as chaves do prédios, e de cada secretaria, ficaram com os devidos responsáveis, indicados pela futura administração;

- Foi realizada uma exibição com a frota renovada da prefeitura, entre veiculos recuperados da gestão retrasada e adquiridos nessa última gestão.

Dado o exposto e ciente das suas responsabilidades, a Administração Novo Tempo registra o seu repúdio pelos acontecimentos recentes, onde afirma que não foi ato de sua gestão, nem de seus colaboradores. Ela ainda julga tais atitudes como vandalismo e contrárias ao nosso modelo de gestão.

Ascom/Ezequiel Leite