Sergipe

28/12/2016 às 13h38

Três suspeitos morrem em confronto com a polícia no conjunto João Alves

Com informações da SSP

Um confronto entre suspeitos e policiais do Complexo de Operações Especiais (COPE) terminou com três mortes e três pessoas feridas na noite desta terça-feira (27) no conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro.

As investigações da polícia civil trouxeram a informação que o grupo se preparava para praticar um homicídio contra um desafeto. A polícia interviu e com os mandados de prisão em mãos seguiu para a residência de Aberaldo Junior, mais conhecido como barão. No local, encontravam-se ainda mais quatro integrantes do grupo criminoso, houve uma tentativa de fuga, dois deles obtiveram êxito.

Barão, Adilton Caio Rodrigues e Augusto Lima Batista, vulgo “Gugu” tentaram evadir usando um carro, na perseguição colidiram com outros veículos e atropelaram pedestres.

Depois das colisões e atropelamentos, os policiais alcançaram os suspeitos e houve uma troca de tiros, na qual três homens faleceram. “Essas pessoas já estavam sendo investigadas e no dia de ontem, no intuito de evitar mais um homicídio, o Cope precisou agir para cumprir os mandados de prisão. Felizmente nenhum policial foi atingindo e os que sofreram pela imprudência dos suspeitos não correm risco de vida”, explicou o secretário de segurança pública João Batista.

As investigações prosseguem para que os demais membros do grupo sejam localizados.

Vítimas atropeladas

Em nota, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) divulgou o estado de saúde das vítimas que foram encaminhadas para o Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE).

S.D.S., 65 anos, feminino, consciente, orientada, apresentando fratura exposta em ambos os braços e lesão extensa em coxa direita. Após avaliação da Central de Regulação de Urgências (CRU), a vítima foi encaminhada à área vermelha do Hospital de Urgências de Sergipe (Huse).

S.E.A.S., 03 anos, feminino, consciente, orientada, apresentando fratura fechada em tornozelo e escoriações. Encaminhada à Pediatria do Huse.

 S.D.S., 35 anos, feminino, consciente, orientada, apresentando fratura exposta nos dois fêmures. Encaminhada à Verde Trauma do Huse.

 


Fonte: Com informações da SSP