Sergipe

27/12/2016 às 08h07

RP prende em flagrante três homens com armas e drogas: Operação durou cerca de seis horas

Redação Portal A8

A Rádio Patrulha apreendeu três armas de fogo, drogas, munições e uma motocicleta entre a noite desta última segunda-feira (26) e a madrugada desta terça-feira (27). A operação culminou com a prisão de três homens. Segundo informações da RP, a operação teve início a partir de denúncias feitas ao Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp).

"Recebemos a informação do Ciosp de que um homem estaria supostamente armado em um dos ônibus da linha Coopertalse. Ao adentramos o veículo, em frente a entrada do Parque dos Faróis, abordamos o suspeito que estava portando munições. Quando questionado, o indivíduo disse que comprou a munição a mando de uma outra pessoa, com residência em Lagarto, e estaria fazendo esse favor porque precisava de dinheiro", relatou cabo Morais, que atuou na operação.

De acordo com informações do soldado Cleber Nascimento, que também trabalhou no caso, a operação começou por volta das 10h da noite de ontem, com essa abordagem ao ônibus da Coopertalse que levou a prisão do primeiro suspeito, Jeferson da Costa Menezes, de 24 anos. "Só finalizamos os trabalhos por volta das quatro horas da madrugada. Foi o Jeferson quem nos encaminhou aos outros suspeitos na cidade de Lagarto. Quando chegamos à residência indicada por ele, três indivíduos, assim que viram a polícia, empreenderam fuga, fazendo uso de uma moto", conta o soldado.

Ainda segundo informações divulgadas por ele, foram encontradas na residência uma espingarda, uma pistola 765 e um revólver calibre .38, além de 17 kg de cocaína, mais de 58 pedras de craque e uma pequena quantidade de maconha. Objetos roubados e dinheiro também foram apreendidos. Foram presos Alisson Bernardo dos Santos, 18 anos, e José Laelson do Carmo, cuja idade não foi divulgada pela polícia.

Os presos serão encaminhados ao Departamento de Narcóticos da Polícia Civil (Denarc) onde será avaliada a ocorrência das fichas criminais.