Sergipe

15/09/2016 às 08h13

Candidata ao cargo de vereadora é presa em Propriá

SSP/SE

Na tarde dessa quarta-feira (14), agentes da Polícia Civil em Propriá efetuaram a prisão preventiva de Maria Luciene dos Santos, conhecida como "Ciene", 33 anos, acusada de ordenar assassinatos e recrutar, inclusive menores de idade, para cometer homicídios. Maria Luciene dos Santos lançou a candidatura para vereadora em Propriá em meados de 2016.

De acordo com os delegados responsáveis pela operação, João Eduardo e Antônio Wellington, Maria Luciene é esposa de um chefe de uma organização criminosa especializada em tráfico de drogas e homicídios. Durante as visitas íntimas que Maria Luciene fazia ao seu marido ela recebia as ordens de execução, além de manter contato com o braço armado da associação criminosa.Ainda de acordo com os delegados, há indícios que o marido de Maria encaminhava ordens para que rivais e devedores de droga fossem executados, conforme o que foi apurado durante as investigações.

Ciene é, segundo as apurações, o elo entre o marido e os homicidas. Entre os criminosos, há relatos que a suspeita recrutava menores de idade, havendo indícios de que um de seus filhos, um adolescente de 15 anos, tenha sido usado numa tentativa de homicídio ocorrida em 15 de abril de 2016.

 


Fonte: SSP/SE