Sergipe

31/08/2016 às 18h45

Obras da Usina Termoelétrica de Sergipe terão início em setembro

ASN-SE

No próximo dia 28, será lançada a pedra fundamental da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe. A notícia foi confirmada na tarde desta quarta-feira, 31, durante audiência entre o governador Jackson Barreto e representantes do grupo GenPower. A usina é a primeira do complexo de Geração de Energia Governador Marcelo Déda, o qual funcionará no antigo polo cloroquímico do estado, na Barra dos Coqueiros, e será a maior obra de infraestrutura no Nordeste. Com investimento de mais de R$ 5 bilhões, o Complexo abrange também as usinas UTE Marcelo Déda e UTE Laranjeiras.

Foto: ASN-SE

“Sergipe terá a maior termoelétrica do Brasil e da América Latina. Isso demonstra o nosso potencial. Foi uma bela reunião, prática, rápida e eficiente. Nós faremos uma solenidade de lançamento à altura”, adianta o governador.

Complexo Governador Marcelo Déda

O Complexo Termoelétrico Governador Marcelo Déda contempla três usinas de geração termoelétrica. São elas: Porto de Sergipe, UTE Marcelo Déda e UTE Laranjeiras. O grupo estuda ainda um projeto de viabilidade de outra fonte de energia renovável. O complexo gerará cerca de 3 mil megawatts de energia.
A implantação das termoelétricas vai promover o fortalecimento do Porto de Sergipe, por onde será feita a importação do gás natural. A expectativa é que sejam gerados cerca de 1.700 empregos durante a instalação do empreendimento. A previsão é que as obras durem 36 meses e que, em 2019, a Usina Porto de Sergipe já esteja pronta, sendo que, entrará em plena operação em janeiro de 2020, como previsto no projeto inicial.

Desde 2013, a GenPower discute com o Governo do Estado uma alternativa para implantar uma unidade de geração de energia em Sergipe. As tratativas evoluíram e culminaram com o sucesso alcançado no Leilão A-5 de Energia de abril de 2015, que ensejou a futura implantação da Usina Termoelétrica Porto de Sergipe. O projeto consolida a vocação de fornecedor de energia que Sergipe possui para o restante do país. O complexo de termoelétricas recebe apoio do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI).

Presenças

Além de representantes da GenPower, estiveram presentes na reunião o vice-governador Belivaldo Chagas e o assessor de Políticas de Desenvolvimento, Oliveira Júnior.


Fonte: ASN-SE