Sergipe

19/08/2016 às 08h59

Suspeito de estuprar criança de nove anos é preso em Nossa Senhora do Socorro

SSP/SE

As investigações, coordenadas pelo delegado Ronaldo Marinho, se iniciaram no início de agosto quando a mãe da vítima procurou a delegacia para denunciar o acusado. "Os relatos da vítima são bastante verossímeis e consistentes, apesar da pouca idade, e a perícia técnica constatou que a criança não é mais virgem. A encaminhamos ao Hospital Maternidade para que doenças relacionadas à prática de ato sexual fossem prevenidas", relata o delegado.

De acordo com o delegado, a criança demorou a compartilhar da violência a qual estava sendo submetida, porque o agressor a ameaçava dizendo que a mataria e também a sua família. O jovem mantém um relacionamento amoroso com a irmã da vítima e os atos ocorriam quando ela ia com a irmã mais velha para a residência do acusado.

O homem, cuja identidade está sendo mantida em sigilo por conta do processo que deverá tramitar em segredo de justiça já que envolve estupro de vulnerável, nega ter cometido qualquer ato libidinoso e afirma nunca ter ficado sozinho com a criança. "Ele não possui antecedentes criminais. Esse tipo de crime, em regra, não é cometido por pessoas que têm histórico de violência", explica Ronaldo Marinho.

Já o inquérito deverá ser concluído nos próximos dias e está sendo feito no novo sistema que está sendo instalado na polícia civil para evitar a chamada revitimização - quando a vítima repete várias vezes seu depoimento, a fazendo reviver o momento diversas outras vezes.


Fonte: SSP/SE