Sergipe

12/08/2016 às 08h17

Governo Federal atende pedido e pede prioridade para obra do aeroporto Santa Maria

ASN

O governador Jackson Barreto, ao lado do secretário de Estado da Infraestrutura, Valmor Barbosa, foi recebido na manhã dessa quinta-feira (11), no Ministério dos Transportes para tratar das seguintes pautas: novo termo de cooperação para as obras do aeroporto de Aracaju, obras de duplicação da BR-101 e BR-235. 

O diretor de engenharia da Infraero, João Márcio Jordão, explicou que os projetos, realizados pelo Governo do Estado, foram iniciados em 2009 e precisam de atualizações tecnológicas. Além dessa atualização, outros detalhes estão sendo resolvidos para tirar todos os entraves para execução da obra. "Vamos resolver essa parte técnica em pouco tempo e ficaremos aguardando os recursos para início das obras", explicou o diretor, acrescentando que o presidente Michel Temer recomendou ao Ministério dos Transportes a resolução de todos os problemas para a conclusão da reforma do aeroporto de Aracaju.  O governador Jackson Barreto explicou que dará total prioridade à obra, que vai dinamizar o turismo no estado. "Um aeroporto moderno é um portal de acesso importante para desenvolver nossa economia através do turismo em suas várias matrizes, sejam elas de negócios, de lazer, religioso ou de eventos", disse.

O secretário Executivo do Ministério dos Transportes, Fernando Fortes, lembrou que há a necessidade de se utilizar a emenda de bancada, no valor de R$ 100 milhões, existente no Ministério, para atender o pleito sergipano.   Sobre a duplicação da BR-101, a informação é que o Ministério está aguardando a autorização da equipe econômica do Governo Federal para alocar recursos e terminar os lotes que já foram iniciados no sentido Aracaju para Propriá (Norte), como também o trecho que liga Estância ao estado da Bahia (Sul).

BR-235 

A duplicação da BR-235 também foi tema do encontro. O governador explicou que precisa avançar na autorização da obra pra realizar o estudo de viabilidade de concessão e fazer um projeto de Parceria Pública Privada. "Não vamos descansar enquanto não conseguirmos executar esse projeto, que vai viabilizar o desenvolvimento da região agreste do estado, ajudando a escoar, com mais segurança e rapidez, toda produção que vem, desde o sertão, para nossa capital e outros estados. Sabemos da importância dessa obra para o futuro de Sergipe", afirmou Jackson.  


Fonte: ASN