Sergipe

10/08/2016 às 14h19

Nova sede dos Institutos de Identificação e Criminalística começa a funcionar na segunda-feira

SSP/SE

Começa a funcionar na próxima segunda-feira (15) a nova sede do Complexo da Coordenadoria Geral de Perícias (Cogerp). A nova estrutura física do Complexo da Cogerp, que abrigará os Institutos de Identificação e Criminalística em um único ambiente, funcionará em um prédio de mil metros quadrados, situado à rua Basílio Rocha, nº 182 (esquina com rua São Cristóvão), no bairro Getúlio Vargas, zona Oeste de Aracaju. 

De acordo com o coordenador geral de perícias, Moisés Chagas, a centralização das três unidades em um único ambiente visa dar mais celeridade aos serviços, trazendo inúmeros benefícios para a população: “Com a Coordenadoria de Perícias e os Institutos de Identificação e Criminalística atuando juntos, os cidadãos poderão ter acesso, no mesmo local, a diversos serviços, como confecção de carteiras de identidade, consulta de processo de perícia criminalista, entre outros. Isso vai proporcionar mais celeridade aos procedimentos, deixando a população mais confortável e satisfeita”. O prédio vai contar com 46 salas, sendo 19 no pavimento térreo e 27 na parte superior; laboratórios de balística, de documentoscopia, de análise de droga bruta; além de um novo e moderno laboratório de papiloscopia para análise de fragmentos de impressão em local de crime.

Com o funcionamento do Complexo, a capacidade de atendimento dos dois institutos será ampliada em quase 100% em relação aos números atuais. Ainda segundo Moisés Chagas, a construção do Complexo demonstra a preocupação, tanto do Governo do Estado quanto da Secretaria de Segurança, em investir cada vez mais na modernização da rede de segurança pública. “Sabemos que o objetivo, não apenas do governador Jackson Barreto como do secretário João Batista, é servir melhor à sociedade e para tal, a emissão de documentos era uma das dificuldades que atingiam principalmente a população do interior. Com este Complexo, conseguiremos proporcionar mais agilidade aos serviços, o que implicará em um melhor atendimento à população”, finaliza.


Fonte: SSP/SE