Sergipe

02/08/2016 às 15h17

Em reunião, SSP garante melhorar policiamento em aéreas comerciais

CDL

Em uma audiência solicitada pela Câmara de Dirigentes Lojista de Aracaju (CDL) e a Federação das Câmaras (FCDL/Sergipe) na manhã desta terça-feira (02), na sede da Secretaria de Segurança Pública (SSP), foi assegurado aos lojistas um melhor posicionamento e ostensividade do policiamento da capital e no interior do estado nas áreas consideradas “comerciais” e de maior fluxo de pessoas.

A grita das entidades, que se fez representar pelos dirigentes Edivaldo Cunha (FCDL), Brenno Barreto (CDL) e os diretores Milton Andrade, Geraldo Viana e Igor Schuster, foi em decorrência dos casos de roubos e assaltos às lojas comerciais, tanto no período diurno quanto noturno, além das constantes abordagens de marginais a consumidores nas aéreas do Centro da cidade, bairros 13 de julho e Siqueira Campos.

“Viemos aqui para expressar o que temos ouvido da classe quanto à ação desses marginais, mas também para colaborar com a Polícia, nos mesmos moldes que ela tem feito nos períodos de datas consagradas do comércio como Natal, Dia dos Pais, das Mães, Namorados”, pontuou Breno Barreto, presidente da CDL.

Parceria

Mesma opinião foi dita por Edivaldo Cunha, da FCDL, que relatou a existência de parceria entre as CDLs, prefeituras e Polícia Militar em cidades como Itabaiana, Dores, Lagarto e Simão Dias e também manifestou preocupação diante de falatórios na imprensa sobre “greve branca” na PM

“O comércio comprou câmeras de monitoramento, junto com iniciativas das prefeituras, e a PM faz o monitoramento, inibindo a ação da marginalidade”, esclarece Cunha.

Presente o alto comando da SSP, sob a coordenação do secretário João Batista, a audiência se completou com a participação do Cel. Vivaldy, comandante do policiamento da capital; Cel. Marcone Cabral, do comando Geral da PM/SE; de Alessandro Vieira, delegado Geral de Polícia Civil e de André Baronto, coordenador das Delegacias de Aracaju.

“Temos bons exemplos da CDL no interior em parceria com a SSP para o monitoramento das aéreas comercias, bem como na capital. Vamos redobrar nossas atenções e ampliar esta somação”, assegurou o secretário da Segurança, João Batista.

Disk Denúncia

Ao final do encontro, ficou ainda estabelecido que os lojistas vão hospedar em seus sites e mídias sociais o aplicativo do Disk Denúncia 181 (onde o cidadão não precisa se identificar), estreitamento de laços entre o alto comando da SSP e as entidades (FCDL e CDL), com troca de informações.

Eles também foram orientados ao incentivo de registro de Boletins de Ocorrência em caso de roubos e furtos, visando ajudar a polícia no monitoramento das áreas mais procuradas pelos bandidos para melhorar a atuação.

Os dirigentes da FCDL e CDL/Aracaju disseram ainda que vão protocolar esta semana um pedido de audiência direta com o governador Jackson Barreto, “de modo a estender nossas conversas para oferecermos mais parcerias às ações da Polícia em todo o estado”, enfatizam.

 


Fonte: CDL