Sergipe

26/07/2016 às 15h41

SSP abre inscrições para formação de policiais mediadores de conflitos

SSP/SE

A Secretaria de Segurança Pública, por meio do Programa Acorde, realiza entre os dias 27 de julho e 3 de agosto as inscrições para o 1º Curso de Formação de Policiais Mediadores de Conflitos. Os policiais civis interessados em participar do treinamento devem efetuar a inscrição presencial na Academia de Polícia Civil (Acadepol), munidos de currículo acadêmico resumido. São disponibilizadas apenas 35 vagas.

O objetivo da capacitação é preparar policiais para atuarem no 'Programa Acorde - porque conversar resolve', uma iniciativa de mediação de conflitos policial desenvolvida desde 2013 no bairro Santa Maria, na capital sergipana, onde duas partes em conflito dialogam e definem a melhor estratégia para a resolução de um problema. A partir da intervenção do projeto, novos conflitos são evitados entre os envolvidos. Atualmente, o projeto também é desenvolvido no município de Barra dos Coqueiros. A previsão é que até o final do ano existam quatro núcleos na capital e quatro no interior sergipano.

As aulas da capacitação serão divididas em três módulos, com disciplinas teóricas e práticas, nos turnos da manhã e da tarde. O primeiro módulo acontece entre os dias 8 e 12 de agosto, seguido do segundo entre os dias 29 de agosto e 2 de setembro. As atividades encerram com o terceiro módulo, entre os dias 19 de setembro e 5 de outubro. Os participantes terão contato com conteúdos sobre Teoria de Mediação de Conflitos, Técnicas de Comunicação Não Violenta, Mediação e Segurança Pública, Polícia Comunitária, Justiça Restaurativa, entre outros temas.

“O curso conta com 180 horas de especialização em Mediação de Conflitos, sendo o conteúdo ministrado por instrutores de várias partes do Brasil. O policial civil que faz o curso estará preparado não apenas para trabalhar no Programa Acorde, mas desenvolverá uma habilidade que pode aplicar em outras áreas. É muito interessante inclusive para os profissionais que estão chegando à Polícia Civil”, destacou a delegada Daniela Lima, coordenadora do Programa Acorde.

Perfil dos participantes

Os profissionais que vão fazer o curso devem ter o perfil do mediador. “Aquela pessoa que tem empatia, capaz de ouvir, compreender e fazer intervenções no que for proposto. É importante que seja um profissional que goste de trabalhar com outras pessoas, em equipe, goste de se comunicar e consiga compreender os conflitos sem julgar as partes. E para preparar nossos policiais, estamos trazendo o que há de melhor no país no âmbito da mediação de conflitos, a exemplo do professor Adolfo Braga e de instrutores de Minas Gerais e Rio Grande do Sul”, concluiu a delegada Daniela Lima.

Outras informações

Dúvidas sobre o Programa Acorde podem ser esclarecidas pelos contatos: 3198-1120/1121 / [email protected]. Informações sobre as inscrições podem ser obtidas na Acadepol, por meio do número 3249-6100.


Fonte: SSP/SE