Sergipe

27/06/2016 às 16h42

PMDB anuncia apoio à pré-candidatura de Edvaldo Nogueira

Com informações do PMDB

Foto: PMDB
O PMDB comunicou nesta segunda-feira (27) seu apoio à pré-candidatura do ex-prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) a prefeito de Aracaju. O anúncio foi feito pelo governador Jackson Barreto (PMDB), que também confirmou a desistência do partido em apresentar uma candidatura própria, com o ex-secretário Zezinho Sobral.

“Queremos que Edvaldo compreenda a nossa posição e o esforço que foi feito para manter a unidade deste projeto. Confiamos em sua atuação e na manutenção dos nossos compromissos agora e em 2018, falou Jackson, avisando que também foi firmada uma aliança para a eleição de 2018, onde o PMDB terá candidato ao governo do estado.

“O PMDB abriu mão de dividir o nosso campo político, no sentido de que não poderíamos ter mais um candidato. Isso significaria enfraquecer um projeto político em nossa capital”, insistiu o governador.

Posicionamentos

JB ainda fez questão de frisar que o PMDB de Sergipe sempre teve comportamento um pouco diferente de alguns setores do partido. Segundo ele, o PMDB sempre se caracterizou como uma frente política, abrigando posicionamentos amplos – mas em Aracaju a sigla sempre esteve no campo progressista, apoiando candidaturas de centro-esquerda.

“A história mostra que esse sempre foi o nosso canto. Entendemos qualquer mudança que aconteça pelo país, mas em Sergipe nosso partido teve sempre um alimamento mais à esquerda, e vamos continuar trabalhando neste sentido, lembrou Jackson.

Comparação

Jackson adiantou que o mote da campanha eleitoral será uma comparação entre a atual administração e o governo de Edvaldo Nogueira. “Quando nós formulamos um projeto, formulamos para hoje e para o amanhã. Somos um grupo, um projeto político vitorioso há várias eleições. Temos feito um trabalho que corresponde aos interesses de uma boa parte da população sergipana, as eleições têm mostrado isso”, falou o governador.

Zezinho

Durante a reunião, Jackson Barreto fez uma homenagem a Zezinho Sobral, lembrando que o ex-secretário atendeu a um apelo seu, para que pensasse em um projeto do partido. “Zezinho consolidou nos últimos meses uma imagem de grande gestor, e passou a ocupar um espaço político, graças à sua capacidade de trabalho”, continuou Jackson.

Compromisso

O presidente estadual do PMDB, João Augusto Gama, ratificou que seu partido abrirá mão da disputa em 2016, mas que permanecerá na luta em 2018, com o compromisso de ser cabeça de chapa da base aliada. Ele disse ainda que esse processo não deixou sequelas no partido.

“Vamos trabalhar um nome para disputar o governo do estado em 2018. Essa decisão foi tomada ouvindo os diretórios municipais e lideranças do partido. O PMDB entendeu que é preciso ganhar a eleição, e vamos ganhar e manter o grupo unido para 2018l Tenho certeza que o compromisso de Edvaldo será mantido em 2018”, falou Gama.

Edvaldo

Presente à reunião, Edvaldo disse que ontem foi um dia de grande emoção e muito compromisso, lembrando que seu primeiro voto, em 1982, foi para Jackson Barreto, candidato a deputado federal. “Já ali o PMDB era esse partido que lutava contra a ditadura. Foi com Jackson que aprendi os caminhos de Aracaju, aprendi a olhar o que a população mais carente precisava”, contou Edvaldo.

O pré-candidato reiterou que a escolha do candidato em 2018 será do PMDB, numa eleição que será coordenada por Jackson Barreto. Ele também afirmou que Aracaju precisa de um projeto de parceria entre o governo e a prefeitura de Aracaju e que a essa união irá derrubar a candidatura conservadora de João Alves.

Deputados

O presidente do diretório municipal do PMDB, Garibalde Mendonça, elogiou Zezinho Sobral por ter atendido ao apelo do partido e parabenizou o peemedebista pelas suas atitudes. Ele também mostrou certeza da vitória do projeto do partido. “Tenho certeza que essa aliança será vitoriosa na eleição”, disse GAribalde, ressaltando que o PMDB possui hoje 36 pré-candidatos a vereador nesta eleição.

Já o presidente da Assembleia, Luciano Bispo, se colocou a disposição de Edvaldo e do PMDB, para ajudar na eleição municipal. “A posição do governador foi bem pensada, bem equilibrada. Vamos trabalhar e tornar Edvaldo prefeito de Aracaju mais uma vez”, bradou Bispo.

Zezinho Sobral, deputado estadual pelo PMDB, disse que Jackson, com sua experiência política, encontrou uma solução para que não houvesse uma descontinuidade no projeto construído pela esquerda. “Abraçamos essa causa, na esperança de que estamos construindo um projeto onde poderemos estar juntos em 2018.


Fonte: Com informações do PMDB