Sergipe

24/06/2016 às 14h22

Sergipana é presa na rodoviária de Maceió transportando droga avaliada em R$ 40 mil

Tudo na Hora

Tudo na Hora
O Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc) do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL) prendeu, no final da tarde dessa quinta-feira (23), uma sergipana que tentava levar cocaína para Alagoas. Ela foi paga por um traficante alagoano, que mora em Sergipe, para entregar a droga numa região abastecida por ele. As investigações continuam e o Gecoc trabalha para prender outras pessoas da mesma quadrilha.

Rafaela Santos de Menezes , de 18 anos, foi presa quando chegou na rodoviária de Maceió. Após o ônibus que saiu de Sergipe estacionar na garagem para o desembarque dos passageiros, o Gecoc e a Radiopatrulha entraram em ação, identificaram-se e pediram para revistar a mochila da jovem. No interior da bolsa, estava 1,5 quilo de cocaína pura.

As investigações do Gecoc para desbaratar essa organização criminosa começaram há cerca de quatro meses, quando o Ministério Público recebeu informações de que um traficante alagoano, que está vivendo em Sergipe, estaria aliciando pessoas para fazerem o trabalho de ‘mulas’, ou seja, servirem de entregadores dos entorpecentes comercializados ilegalmente por eles. Rafaela, por exemplo, ganhou R$ 200 para fazer a droga para Maceió.

O Gecoc não pode revelar mais detalhes do trabalho investigativo para não atrapalhar o andamento do monitoramento da quadrilha. A droga apreendida está avaliada em mais de R$ 40 mil. Depois de "batizada" (misturada a outros produtos para aumentar o volume), ela poderia render até cinco quilos.

Rafaela foi encaminhada à Central de Flagrantes para os devidos procedimentos legais.


Fonte: Tudo na Hora