Sergipe

24/05/2016 às 15h51

Sergipe supera meta de vacinação contra Influenza

Ascom/SES

A campanha de vacinação contra a influenza culminou na última sexta-feira (20), mas as doses continuam disponíveis nos postos para o grupo prioritário. Foram contabilizadas, até a manhã desta terça-feira (24) o total de 394.479 pessoas imunizadas. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde (MS), que prevê a vacinação de 80% do grupo prioritário, foi atingida com sucesso, já que Sergipe alcançou a cobertura de 82,76% do público alvo.

Ao todo, foram destinadas ao estado 500 mil doses da vacina, distribuídas entre os 75 municípios sergipanos. Até o momento, 59 cidades atingiram a cobertura estabelecida. Ultrapassaram a meta com folga cidades como: Telha, com 107,57%; Riachuelo, com 101,01%; General Maynard, com 99,02%; Frei Paulo, com 98,66% e Poço Redondo, com 98,52%.  

De acordo com os dados computados até agora, do total de pessoas imunizadas, 163 mil foram de idosos, além das quase 121 mil crianças, 16.687 gestantes, e 56.101 pessoas com doenças crônicas.

Os municípios que ainda não atingiram a meta seguem com a vacinação do grupo prioritário, que contempla crianças de 6 meses a 5 anos, pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, doentes crônicas, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto) e profissionais de saúde.

Entre os 16 municípios que ainda não atingiram a cobertura almejada estão: Monte Alegre, com 54,98%; Salgado, com 62,40%; Carmópolis, com 63,60% e Carira, com 65,81%. Já ultrapassaram os 70% de cobertura as cidades de Canindé de São Francisco, Capela, Gararu, Gracho Cardoso, Japoatã, Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora do Socorro, Santa Luzia do Itanhy, Santo Amaro das Brotas, São Cristóvão, Tomar do Geru e Brejo Grande.  

Segundo a gerente do Programa de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Sândala Teles, é importante que o público que ainda não foi vacinado se dirija aos postos para garantir a imunização contra a Influenza. “Nós atingimos a meta estadual. Mas é essencial que os municípios que ainda não atingiram suas metas continuem vacinando o grupo prioritário. As doses da vacina continuarão disponíveis até que se encerre o estoque”, diz.

Para evitar a doença algumas medidas podem ser adotadas, são elas: ao tossir ou espirar cobrir a boca e nariz com lenço descartável; não compartilhar alimentos, copos, toalhas ou objetos de uso pessoal; lavar as mãos com água e sabão ou usar álcool em gel, especialmente após tossir ou espirar. 


Fonte: Ascom/SES