Sergipe

20/05/2016 às 11h15

Idoso é preso por uso de documentos falsos em audiência na Polícia Federal

Ascom/PF

Um idoso foi preso em flagrante nessa quinta-feira (19) por apresentar documentos de identificação falsos, na sede da Polícia Federal. Durante uma audiência, no momento da qualificação e interrogatório nos autos de um inquérito policial no qual responde por uso de documento falso perante a Justiça Federal, o idoso apresentou documentos de identidade, titulo de eleitor e CPF constando data de nascimento falsa.

O Setor de Identificação Criminal da Polícia Federal verificou junto a Secretaria de Segurança Pública que na Ficha de Identificação Onomástica enviada pela SSP, consta data de nascimento diversa daquela inserida nos documentos apresentados.

Sendo confirmada a falsidade dos documentos, o idoso recebeu voz de prisão em flagrante por uso de documento falso na Polícia Federal. O preso que já cumpre pena por crime de estelionato por falsificar documentos para obtenção de aposentadoria de amparo ao idoso do INSS, responderá também por crime de uso de documento falso, com pena prevista de até 6 anos de prisão.


Fonte: Ascom/PF