Sergipe

09/05/2016 às 14h10

Depois de negociação com Desipe, internos encerram rebelião no presídio em Tobias Barreto

Redação Portal A8

Os internos que estavam em uma rebelião no Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza (Premabas), no município de Tobias Barreto, encerraram a rebelião depois de negociação com os representantes do Departamento do Sistema Prisional (DESIPE) na tarde desta segunda-feira (9).

De acordo com informações, os agentes farão a contagem dos internos e logo após fará a vistoria dentro da unidade.

A Secretaria de Estado da Justiça e Defesa ao Consumidor (Sejuc) enviou uma nota à imprensa esclarecendo que a rebelião foi ocasionada por insatisfação dos presos quanto a superlotação na unidade prisional. Confira parte da nota: “O problema de superlotação nos presídios não se trata de um caso isolado do Estado de Sergipe, infelizmente, em todo o país os presídios têm sofrido problemas com a superpopulação carcerária. Porém, a Sejuc esclarece que o Governo de Sergipe tem trabalhado para amenizar o problema e trazer mais segurança para o Sistema Prisional sergipano. Mais uma medida tomada pelo Governo de Sergipe, para fortalecer a segurança no Sistema Prisional, foi a autorização do pagamento de horas extras para que agentes prisionais ocupassem as guaritas dos presídios no seu horário de folga. Este pagamento se trata de um paliativo que evitou hoje, que 462 presos fugissem em massa do presídio do município de Tobias Barreto.

A Secretaria de Estado da Justiça, esclarece ainda que, o processo para liberação do edital do concurso público para guarda prisional já possui parecer favorável da Procuradoria Geral do Estado de Sergipe (PGE), o problema inicialmente foi a necessidade de criação de novas vagas, para tanto, foi necessário alterar a minuta do Projeto de Lei 72, que autoriza e regulamenta a atividade de guarda prisional. A Sejuc já possui um parecer técnico da Secretaria de Estado do Planejamento (Seplag), e o governador Jackson Barreto encaminhará à Assembléia Legislativa o Projeto de Lei de Executivo alterando a Lei 72, e ainda esse semestre o edital para o concurso de guarda prisional será lançado”

A Sejuc ainda reforça que a morte do interno na manhã desta segunda será investigada.