Sergipe

19/04/2016 às 12h06

Presidente da Amese protocola ofício contra cobrança do IPESAÚDE

Redação Portal A8

Foto: Douglas Magalhães
O presidente da Associação dos Militares do Estado de Sergipe (AMESE), sargento Jorge Vieira, protocolou na manhã desta terça-feira (19) um ofício junto ao Ministério Público Estadual, solicitação uma Ação Civil Pública (ACP) ou uma audiência entre os servidores e representantes do IPESAÚDE, para que seja revisto o desconto que será efetuado em todos os servidores estaduais.

De acordo com o sargento Vieira, o IPES atualmente desconta 4% em cima de todos os vencimentos, que dava direito a todos os familiares do servidor a serem assistido pelo Plano de Assistência, mas com a mudança da legislação, que permite o desconto por familiar assistido, o desconto pode chegar a 20% a depender no número de dependentes e da faixa etária.

“Já que querem que o IPESAÚDE se equipare a um plano de saúde, não é justo que seja descontado das férias, décimo terceiro e demais gratificações. O certo é que seja alterado essa parte da lei também, para que possamos contribuir somente com o desconto no ordenado”, destacou o sargento.

O presidente da Amese também destacou que o Ministério Público foi procurado para que pudesse agir de forma geral, em favor de outras categorias. A lei que altera a forma de contribuição ao IPESAÚDE foi aprovada e sancionada pelo governador e segundo o sargento Vieira, já é esperado o novo desconto a partir do próximo salário.