Sergipe

18/04/2016 às 13h36

Homem é alvejado após desobedecer ordem de parada e tentar atropelar militar em Itabaiana

Com informações da PM

A Polícia Militar do Estado de Sergipe, por meio do 3º Batalhão de Polícia Militar (3º BPM), entrou em confronto na noite desse domingo (17), no bairro Bananeiras, no município de Itabaiana, com um jovem que ignorou a ordem de parada dada pela polícia e jogou a motocicleta contra uma militar.

Policiais faziam rondas pela praça General João Pereira, quando foram acionados por populares que informavam sobre uma dupla que estava cometendo roubos no bairro, numa motocicleta Titan, de cor preta. Os policiais fizeram buscas, avistando dois homens numa moto.

Diante da aproximação da PM, a dupla fugiu, se chocou com um veículo e acabou sendo abordada. Com ela, nada foi encontrado, mas, durante a ação, uma segunda motocicleta preta se aproximou dos policiais, que ordenaram que esta parasse. Além de desobedecer aos PMs, o condutor acelerou na direção da policial militar, que saltou e caiu no chão, para evitar o atropelamento.

Em meio à ação, o motociclista colocou a mão na cintura, fazendo menção de sacar algum objeto. Por conta da cena, o segundo policial efetuou um disparo, atingindo Mikael da Silva Oliveira, de 20 anos, e fazendo com ele perdesse o equilíbrio e derrubasse a motocicleta. Os militares tentaram se aproximar para revistar o jovem, mas a população criou um tumulto, obrigando os PMs a se afastarem, para resguardar as próprias vidas.

Observando a cena de longe, os militares pediram reforço e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), para dar assistência a Mikael. Em meio à ação, o reforço e o atendimento médico chegaram, ficando constatado que Mikael não resistiu ao ferimento e que o volume que ele trazia na cintura havia sumido em meio à confusão. O caso foi levado à Delegacia Regional de Itabaiana, frisando que a militar não sofreu ferimentos grave.

Histórico criminal de Mikael

Averiguando a situação criminal de Mikael, a polícia descobriu que ele posava com arma numa rede social e também havia dois mandados de prisão em desfavor dele. O primeiro por homicídio qualificado, já que havia matado Túlio Moura dos Santos, em 8 de julho de 2015, no Povoado saco Torto, em Malhador, e outro por receptação qualificada, sendo este último tinha sido expedido pela 1ª Vara de Itabaiana.

Ainda sobre a morte de Túlio, em 4 de Outubro de 2015, Mikael tentou matar o irmão de Túlio, de prenome Joeliton, atingindo-o com um tiro no ombro. Segundo informes, recentemente, o jovem rondou a residência do sobrinho de Túlio, Fabrício, chegando a dizer que o mataria na primeira oportunidade.


Fonte: Com informações da PM