Sergipe

05/04/2016 às 08h31

Quase trinta celulares e armas artesanais são encontrados no Copemcan

Redação Portal A8

Imagem cedida por Luciano Nery
Agentes penitenciários encontraram 28 celulares, carregadores, armas artesanais feitas com ferros da estrutura do presídio, além de facões. O material foi encontrado após revista feita na segunda-feira (04). Além de encontrar o material fotos de detentos com essas armas brancas foram divulgadas de dentro das celas no Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto - Presídio São Cristóvão. 

O presidente do Sindicato dos agentes penitenciários, Luciano Nery denunciou a situação do presídio e informou que todas as guaritas estão desativadas, não há nenhum tipo de monitoramento, além do baixo efetivo dos Agentes Prisionais.
O presidente do Sindipen se mostrou preocupado ainda com a superlotação no presídio de São Cristóvão, são 2700 detentos, sendo que a capacidade é de 800.