Sergipe

04/04/2016 às 17h03

Vereadores investigados em caso de suposto desvio de verbas começam a ser ouvidos

Redação Portal A8

Nesta segunda-feira (15) o Departamento de Repressão aos Crimes Contra a Ordem Tributária e Administração Pública (DEOTAP) iniciou as oitivas dos vereadores dos 15 vereadores suspeitos de suposto desvio de verbas de indenização para pagamento de locação de veículos e serviços advocatícios na Câmara de Vereadores de Aracaju (CMA).

Os três primeiros a serem ouvidos no DEOTAP, localizado no Centro da capital sergipana, foram os vereadores Agamenon Sobral, Adriano Taxista e Emmanuel Nascimento. Os vereadores Agamenon Sobral e Adriano Taxista na saída não quiseram se pronunciar sobre o caso. Já Emmanuel, na entrada da Deotap, afirmou que precisa saber sobre o conteúdo da investigação para poder se manifestar. 

Na quarta (05) devem ser ouvidos Agnaldo Feitosa, Anderson de Tuca, Jailton Santana E Max Prejuízo.

Operação Indenizar-se

A Operação Indenizar-se foi deflagrada na última quinta-feira (31)para cumprir mandados de buscas e apreensão na Câmara de Vereadores de Aracaju e mais seis alvos na capital e na Barra dos Coqueiros.

Ao todo, quinze vereadores de Aracaju e três empresários estão sendo investigados.