Sergipe

01/04/2016 às 11h56

Encontro Nordestino de Cultura é lançado com R$1,8 mi em recursos Federais

Redação Portal A8

Ascom/Cultura
Faltando mais de dois meses para o começo dos festejos juninos, o Governo do Estado, através da Secretária de Estado da Cultura (Secult), lançou oficialmente Encontro Nordestino de Cultura - Arraiá do Povo 2016. Na manhã desta sexta-feira, 1° de abril, no Restaurante Cariri, o Secretário de Estado da Cultura, Elber Batalha, anunciou a captação de R$ 1,8 milhão, em recursos Federais para o Evento. Esta é a primeira vez que o lançamento acontece no início de abril já com recursos, o que foi intencionado para garantir mais tempo e segurança na organização do evento.

Ao todo sergipanos e turistas poderão aproveitar 15 dias sequências de festa, que acontece entre 15 e 30 de junho, na Praça de Eventos da Orla de Atalaia e no Espaço Cultural Gonzagão, no Bairro Augusto Franco. "Estamos muito satisfeitos em encerrar esta gestão lançando uma das festas mais importantes de Sergipe, que retrata e resgata as raízes da nossa cultura e tradição. Quero ressaltar que os recursos que irão garantir a realização do Encontro este ano, só foram possíveis, em tempos de crise, graças ao apoio do senador Valadares, e dos deputados federais Fábio Mitidieri, João Daniel, Jonny Marcos e Valadares Filho", agradeceu o secretário Estado da Cultura, Elber Batalha, que deixa o cargo para concorrer às eleições.

Os parlamentares direcionaram recursos para o Encontro através Emendas, que receberão a aprovação do Governo Federal, garantida pelo Ministro da Cultura, Juca Ferreira. Durante o lançamento o Governador, Jackson Barreto, elogiou o trabalho do secretário e destacou a importância do evento para Sergipe.  “Quero registrar o empenho e a competência de Elber Batalha e de sua equipe, pois foi essa competência que viabilizou o Encontro Nordestino de Cultura de 2016. É importante também deixar claro para a população, neste momento de crise financeira, que estes recursos não irão sair do orçamento do Estado, e sim do orçamento do Governo Federal, através das Emendas Parlamentares e do empenho do Secretário”, reforçou o Jackson Barreto.  

Atrações

Ao todo, serão 122 atrações artísticas irão compor a programação, sendo 13 nacionais e as demais de artistas de Sergipe. O processo de seleção dos projetos que irão se apresentar no Encontro Nordestino de Cultura será definido através de edital de chamamento público, de forma transparente e democrática. O valor total de investimento para o cachê será de R$ 920mil distribuídos entre atrações artísticas, culturais, bandas e quadrilhas juninas. Este valor representa cerca de R$ 300 mil a mais do que o investido no ano passado.

 Para a seleção dos projetos aprovados para o Encontro Nordestino de Cultura, será formada uma comissão multidisciplinar com representantes da área de produção cultural da Secult, do Conselho Estadual de Cultura e da sociedade civil.