Sergipe

30/03/2016 às 18h06

Conceição Mendonça assume Secretaria de Estado da Saúde

ASN/SE

Enfermeiros, médicos, profissionais de saúde e autoridades políticas lotaram o auditório do Palácio dos Despachos para acompanhar a transmissão de cargo do secretário de Estado da Saúde, José Sobral, para a enfermeira Maria da Conceição Mendonça, que era a superintendente do Serviço Móvel de Urgência de Sergipe (Samu). A assinatura dos respectivos decretos pelo governador Jackson Barreto ocorreu nesta quarta-feira, dia 30.

Foto: Portal A8SE
Com a presença de diferentes representantes de classes dos profissionais da saúde do Estado, familiares e muitos servidores da SES, especialmente os chamados “samuzeiros” devidamente uniformizados, o governador do estado explicou a sua escolha pela nova gestora:

“Uma profissional muito competente, muito qualificada que conhece o dia a dia da Secretaria da Saúde, tem serviços prestados à saúde do estado e serviços prestados em nível nacional, ao Ministério da Saúde. Conhece como poucos o funcionamento da secretaria, não apenas do Samu, que era sua área específica, mas da implantação de UPAs, os hospitais aqui de Aracaju, todos os trabalhos da secretaria da saúde tem a participação de Conceição, então ela foi escolhida pela sua competência técnica de profissional comprometida com a saúde do estado”, disse o governador.

Em relação à saída de José Sobral do seu governo, após meses de um elogiado trabalho à frente de uma das pastas mais complexas da gestão estadual, Jackson afirmou que o ex-secretário solicitou o direito de colocar seu nome a serviço de um projeto político maior. “Todos nos sabemos que eu falei que no mês de maio tomaremos posição com relação à sucessão municipal. Nós atendemos ao pedido do nosso secretário e não tínhamos porque não atender um companheiro muito leal e a gente oportunizou para ele esse momento, sabendo que isso interrompe o seu belo trabalho na secretaria da saúde. Nós sabemos que temos problemas na saúde, ainda graves, mas temos consciência que a passagem de Zezinho melhorou muito a saúde”.

Dever cumprido

José Sobral disse estar alegre por poder prestar contas do muito que foi feito e também agradecido pelo governador ter realizado o ato de descompatibilização. Segundo ele, a pasta da Saúde o ensinou a como cuidar das pessoas, numa rede que atende em média 48 mil pacientes a cada mês.

“Tenho absoluta sensação de dever cumprido e mais que isso, seguro de que as pessoas que ficarão para dar continuidade têm compromisso com o SUS e compromisso com a melhoria da qualidade da saúde. Temos ainda um sem número de ações em andamento, a serem implementadas com crescimento, desenvolvimento e investimento acontecendo em várias frentes, na oncologia na melhoria da rede materna, na melhoria da urgência e emergência, na central de regulação, na ampliação do número de UTIs e outras tantas coisas, mas também podemos falar do muito que foi feito neste período”, ressaltou.

Desafio

Para a nova gestora da SES, Conceição Mendonça, fica a responsabilidade e um desafio confiado a ela por José Sobral e o governador. Segundo ela, a partir de hoje, como enfermeira concursada da secretaria estadual, ela troca o macacão e a bota do Samu pelo jaleco do SUS de Sergipe.

“Esse compromisso e preocupação do povo de Sergipe é um desafio grande, mas nós temos coragem, vamos seguir em frente com um trabalho sério e transparente do secretário e do governador Jackson Barreto. Nós estamos dando continuidade ao trabalho do secretário, mas a SES somos todos nós. Gestão se faz com presença, metas e missão e, com certeza, nós vamos seguir em frente com esse trabalho, que tem planejamento, continuidade e não vai parar”, afirmou a nova secretária.


Fonte: ASN/SE