Sergipe

29/03/2016 às 07h50

Nova base do Samu será construída na Universidade Federal de Sergipe

ASN

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), através da Fundação Hospitalar (FHS) e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe), e a Universidade Federal de Sergipe (UFS), oficializaram a assinatura do Termo de Convênio que objetiva a implantação de uma base descentralizada do Samu no Campus de São Cristóvão.

“Essa é mais uma ação do Samu 192 Sergipe que vai beneficiar uma região carente de serviços de saúde pública, além de proporcionar aos estudantes do Campus uma convivência direta com o dia a dia de um dos serviços de saúde mais complexos", comemora o secretário de Estado da Saúde, José Sobral.

Além de atender alunos e profissionais da UFS, a base do Samu dará assistência, também, ao município de São Cristóvão, com cerca de 70 mil habitantes, e os povoados vizinhos.  Um dos pontos positivos da instalação da base Samu na UFS é a segurança que a instituição oferece.

“Essa parceria chegou em um  momento muito bom porque asseguramos a segurança da equipe, além de termos duas rotas de fuga para essas ambulâncias seguirem para a Rodovia João Bebe Água e para a rodovia municipal, que dá acesso a São Cristóvão. Sem dúvida, proporcionará bem-estar à nossa equipe e à população que vai estar mais próxima do serviço”, explica a superintendente do Samu 192 Sergipe, Conceição Mendonça.

A base contará com 42 profissionais, além de 2 pessoas que ficarão na supervisão. Por dia, serão seis profissionais disponíveis para atender a população e os estudantes.

O prédio onde ficará a unidade já está disponível e o serviço será iniciado em até três meses. “A instalação do Samu na UFS significa que estamos agregando a nossa comunidade de 30 mil alunos, 1500 professores, de 1500 servidores, junto com a comunidade de São Cristóvão. Agora, os alunos da área da saúde poderão estar integrados com o serviço do Samu que será instalado, sendo um instrumento de ensino e de aprendizagem”, pontua o reitor da UFS, Angelo Antoniolli.

 


Fonte: ASN