Sergipe

25/03/2016 às 12h11

Indústria de borracha vai se instalar no Agreste sergipano

ASN-SE

Mais uma indústria vai se instalar no estado de Sergipe nos próximos meses. Foi o que ficou acordado na manhã desta terça-feira, 22, durante reunião do diretor presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise), Vinicius Mazza, e os empresários Genivaldo Monteiro Santos e Serginaldo Agostinho Lemos, que desejam instalar no município de Carira, no Agreste Central sergipano, a Indústria e Comércio de Placas de Borracha Ltda, com investimento de R$ 10 milhões e perspectiva de geração de mil empregos com o empreendimento já funcionando nos três turnos.

Foto: ASN/SE

Segundo Genivaldo Monteiro, que pleiteou o apoio locacional previsto no Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI), o empreendimento que pretende instalar em um dos galpões da Codise, trata-se de uma indústria química de produção de borrachas. "Nela iremos produzir placas, produções de calçados de uma maneira geral, onde essa borracha será a matéria-prima dos calçados. Produziremos ainda solados para botas, enfim, tudo que for do ramo de borracha", disse o empresário.

Ainda segundo ele, caso a fábrica aumente sua linha de produção a mesma também poderá produzir pneus, câmara de ar e colas para área de pneus. "Isso vai depender se tivermos área suficiente e mercado", afirmou, enfatizando que a partir do momento que o galpão estiver com as condições necessárias de funcionamento, em aproximadamente 90 dias já estarão instalando os equipamentos e realizando os devidos treinamentos.

Ressalta que além dos incentivos, eles estão investindo no estado porque, em Sergipe, não há nenhuma fábrica dessa e o mercado está crescendo cada vez mais. "Para se ter uma ideia, Sergipe traz todo esse material de Juazeiro, São Paulo e do Rio Grande do Sul. Isso encarasse mais o processo e nós precisamos produzir, já que Sergipe é um estado que só produz 6% de tudo que consome e nós queremos entrar pra tentar diminuir esse ranking com pelo menos 10% de produção", falou Monteiro.

Na sua avaliação, com a instalação do novo empreendimento em Sergipe, em um ano de funcionamento haverá a perspectiva de abrigar outras empresas que poderão ser suas fornecedoras em matéria-prima. "Ou seja, nossa empresa vai ajudar abrir outras novas empresas", afirmou Genivaldo Monteiro.

O presidente da Codise demonstrou satisfação em receber a visita de empresários dispostos a investir em Sergipe e garantiu a agilização no processo de concessão do galpão em Carira para instalação de uma nova indústria, que vai contribuir para o desenvolvimento econômico do estado com a geração de emprego e renda, que é uma das metas do governo Jackson Barreto.


Fonte: ASN-SE