Sergipe

16/03/2016 às 08h00

Força Nacional inicia preparação do efetivo sergipano que trabalhará nos Jogos Olímpicos 2016

PM/SE

O Departamento da Força Nacional de Segurança Pública (DFNSP) iniciou nessa segunda-feira (14) a Instrução de Nivelamento de Conhecimento da Força Nacional em Sergipe (INC). O evento visa capacitar e padronizar as condutas e procedimentos operacionais para os militares que vão compor o contingente da Força Nacional durante os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 e segue até o sábado, 19.

Segundo a 3ª Seção do Estado Maior, 132 policiais sergipanos participam de um treinamento intenso, de terça-feira à sexta-feira, entre 7h30 e 22h, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) ou na Academia de Polícia Civil (Acadepol). Para tanto, os militares foram divididos em quatro turmas e estão sendo submetidos a aulas de Tiro Policial, Gerenciamento de Crises, Gestão de Eventos, Manifestações Públicas, Busca e Varredura, entre outras.

Para padronizar o treinamento dos policiais em todo o Brasil, o DFNSP preparou e enviou equipes de instrutores a todas as regiões do país. Em Sergipe, está atuando um grupo de 24 policiais, oriundos de 14 Estados, e coordenados pelo capitão Assis, da Polícia Militar do Acre. Estes estão na estrada há 90 dias e instruíram recentemente homens e mulheres da Corporação maranhense.

Ainda de acordo com a PM-3, ao final do INC, 100 homens e mulheres da PMSE serão selecionados e aguardarão a convocação da Força Nacional para emprego nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016, na Cidade Maravilhosa. Vale frisar que a etapa preparatória realizada em Aracaju é direcionada exclusivamente aos praças, pois os oficiais serão instruídos apenas no mês de junho, já no Rio de Janeiro.

Sobre a vinda dos instrutores a Sergipe, o tenente-coronel Aragão, comandante do CFAP, explica: “Por questões de cunho financeiro-orçamentário, foi mais viável trazer os instrutores da Força Nacional para treinar os policiais e bombeiros sergipanos. Com isso, quem ganha é a sociedade, já que o policial, mesmo durante o curso, continua participando das atividades de lotação de sua companhia e batalhão. São instruções de alto nível, que serão assimiladas e postas em prática não só em Sergipe, como no estado do Rio de Janeiro”, destaca.

O capitão Assis, coordenador da 27ª edição do INC, reforça a importância da integração das instituições que participam do sistema de defesa social no estado de Sergipe. “O intuito é preparar os profissionais que vão operar efetivamente na segurança dos jogos Olímpicos Rio 2016. É um treinamento que envolve tanto a Polícia Militar, quanto Bombeiro Militar e policiais civis, numa cooperação entre as unidades federadas que vão garantir a segurança durante a fase dos campeonatos”, evidenciou.

O 3º sargento Eraldo Evangelista Mateus, lotado no Batalhão de Choque da PMSE e aprovado na seleção do INC, declara o compromisso com a missão que terá pela frente. “Esse curso está sendo um momento ímpar, de aprendizado, contato com novos armamentos e atualização do conhecimento do dia a dia da atividade policial militar. Para mim é uma honra servir mais uma vez ao Brasil, através da Força Nacional”, enfatizou o policial militar, que já acompanhou o capitão Assis em missões no Distrito Federal e no estado do Acre.

Capitão Assis aproveitou para elogiar a iniciativa de Sergipe em viabilizar as instruções no Estado. “Em nome da secretária nacional de Segurança Pública, Regina Miki, venho parabenizar o secretário de Estado da Segurança Pública, o comandante geral da Polícia Militar, bem como o do Corpo de Bombeiros, do delegado geral da Polícia Civil, pela ousadia de estar nessa missão conjunta com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), lembrando que o treinamento faz a diferença positiva na hora da ação”, concluiu o oficial.

Aula inaugural

A abertura do INC em Sergipe ocorreu na manhã da segunda-feira, 14, no auditório do Quartel do Comando Geral (QCG), e contou com a presença dos 132 policiais matriculados, além dos instrutores e monitores da Força Nacional. Também participaram do evento, o subcomandante da PMSE, coronel Lúcio Monteiro, e o comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Reginaldo Dórea.


Fonte: PM/SE