Sergipe

15/03/2016 às 13h53

Denarc e Radiopatrulha prendem líder do tráfico do conjunto João Alves

SSP/SE

Uma operação conjunta do Departamento de Narcóticos (Denarc) e do Batalhão de Radiopatrulha prendeu na noite desta segunda-feira, 14, no conjunto João Alves, em Nossa Senhora do Socorro, um homem identificado como Mario das Graças, conhecido como 'Marinho', ou 'Júnior', 27 anos, líder do tráfico de drogas na região do bairro Taiçoca.

Segundo o diretor do Denarc, Osvaldo Rezende, as investigações iniciaram após o Denarc receber várias informações do Disque-Denúncia 181 delatando o comércio ilícito de entorpecentes praticado por Mário das Graças. Investigadores do departamento efetuaram levantamentos de campo e descobriram que o suspeito tinha assumido o comando do tráfico na região no entorno da Rua 14, logo depois da prisão do conhecido traficante Thiago dos Santos Souza, o 'Thiago Bactéria'.

Foi constatado pelos investigadores que o suspeito costumava andar armado de modo a intimidar moradores locais e que se utilizava de menores de idade na função de “aviões do tráfico”. Em poder das informações, os policiais se dirigiram à região e lá localizaram o suspeito, que efetuou disparos de arma de fogo e fugiu em direção ao mangue.

Foto: SSP

Após buscas, os policiais conseguiram prender o traficante que havia sido alvejado em uma das pernas durante a troca de tiros. Em seguida, os policiais se deslocaram à residência do traficante, onde encontraram escondido sob a pia da cozinha, dois tabletes de maconha, pesando cerca de 1,8 quilos. Mário foi socorrido e, após alta médica, foi encaminhado ao sistema prisional, onde se encontra a disposição da Poder Judiciário.

Ele foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes com a causa de aumento pelo fato do envolvimento de menores na prática do crime, podendo ser condenado a mais de 20 anos de prisão. Mário tem histórico na polícia, sendo preso no ano de 2014 pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico. Atualmente, ele estava respondendo o processo em liberdade.

A prisão foi fruto de uma parceria do Denarc e o Batalhão de Radiopatrulha da Polícia Militar, sob o comando do major Vítor Santos.


Fonte: SSP/SE