Sergipe

25/02/2016 às 09h33

Policiais do Cope e Delegacia de Estância prendem dupla com 5kg de maconha

SSP/SE

Foto: SSP/SE
Agentes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Delegacia Regional de Estância, coordenados pelos delegados Hugo Leonardo e André David, prenderam na tarde dessa quarta-feira, 24, no município de Estância, Wanderson Reis Silva, vulgo “Ném”, de 18 anos, e Ulgo Jorge Rodrigues Santos, 31, pelo crime de tráfico de entorpecentes. Com a dupla foram apreendidos cinco quilos de maconha prensada.

Segundo o delegado Hugo Leonardo, o fato ocorreu após o recebimento de uma denúncia anônima informando que dois homens, em um veículo GM/Corsa Classic de cor branca, sendo o motorista negro, alto e gordo e o passageiro moreno claro, baixo e magro, estariam transportando farta quantidade de maconha prensada para ser vendida em Estância. “De posse dessas informações, entramos em contato com o delegado André David, coordenador da divisão do Cope responsável pelas investigações no interior do Estado, que se dirigiu à "Cidade Jardim" com sua equipe de agentes”, explicou o delegado.

Por volta das 11h30, os policiais avistaram o carro na rodovia que liga a Praia da Caueira à BR-101, seguindo para Estância. Imediatamente, os policiais fizeram a interceptação do veículo, iniciando o procedimento de abordagem. Na revista, os agentes encontraram a droga escondida em diversos compartimentos do carro, totalizando cinco quilos.

Em depoimento ainda no local, Ném confessou que pegou a droga no bairro Atalaia, em Aracaju, nas proximidades da Passarela do Caranguejo. “Ele confessou que o entorpecente seria propriedade de um presidiário ainda não identificado. Já Ulgo alegou que é taxista clandestino e que apenas foi fretado por Ném para ir buscar uma mercadoria, sem saber que se tratava de drogas. Vamos dar continuidade às investigações para averiguar a identificação do suposto fornecedor”, salientou o delegado André David.

Os dois foram encaminhados ao Cope e indiciados por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas.


Fonte: SSP/SE