Sergipe

19/02/2016 às 12h40

Estudantes da UFS ocupam o gabinete do reitor

Redação Portal A8

Desde a noite da quinta-feira (19) estudantes bolsistas ocuparam a sala da reitoria na Universidade Federal de Sergipe, o motivo é a falta de pagamento de alguns bolsistas, que são repassadas pelo Ministério da Educação. Fagna Guedes é de Neópolis e estuda zootecnia, segundo ela inicialmente eles tentaram dialogar, mas como não aconteceu o pagamento eles resolveram ocupar a reitoria.

O estudante Sidney Leandro disse que essa manifestação é referente ao atraso das bolsas. “Esse é o principal motivo da ocupação, nós queremos a permanência boa e sadia no curso e os atrasos das bolsas não garante isso”, explica.

O repasse é feito pelo MEC, tivemos a informação que algumas bolsas foram pagas, mas isso acontece por repetidas vezes. “Não tenho ideia da quantidade dessa situação, mas são muitos bolsistas que demonstram a revolta”, alerta.

Nota

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) informa que os recursos referentes aos pagamentos das bolsas de Assistência Estudantil foram disponibilizados pelo Governo Federal apenas no fim do dia 15 fevereiro. Este valor é destinado ao pagamento da bolsa alimentação do mês de fevereiro e, no caso das demais bolsas, as referentes ao mês de janeiro/2016. A liberação foi realizada depois que o reitor Angelo Antoniolli entrou em contato direto com o Ministério da Educação.

Assim, no dia seguinte, 16, a equipe do Departamento Financeiro, em mutirão, realizou o processamento de ordens bancárias para que os valores fossem creditados nas contas dos estudantes. O prazo para este procedimento bancário ser concluído é de até 48 horas úteis. A maior parte dos estudantes, portanto, recebeu os valores referentes às suas bolsas nos dia 18 e 19/02.

Infelizmente, contudo, o sistema que processa os pagamentos apresentou inconsistências e retornou alguns arquivos com erro, o que é lamentável mas ainda acontece quando tratamos de sistemas de informação. Estes arquivos foram reenviados no dia 17, logo após a identificação do problema. Deste modo, os estudantes que não receberam as suas bolsas ainda estarão com os valores referentes a elas creditados em conta até a próxima segunda-feira, 22/02.

O reitor da UFS, Angelo Antoniolli, bem como os pró-reitores de Planejamento, de Assistência Estudantil e de Administração têm recebido e conversado com os estudantes mobilizados, inclusive com os que, neste momento, ocupam a Reitoria. Todas as medidas que a UFS e seus gestores poderiam fazer para que o pagamento fosse regularizado foram tomadas e, mesmo assim, a ocupação na Reitoria impede o andamento de processos administrativos da instituição, inclusive a assinatura de diplomas de conclusão de cursos de graduação e de pós-graduação, além de ferir o direito de ir e vir dos servidores da Universidade, já que eles estão sendo impedidos de adentrar ao seu local de trabalho.