Sergipe

16/02/2016 às 07h59

Organização criminosa é desarticulada pela polícia no combate ao tráfico de drogas e armas

Redação Portal A8

Uma grande operação foi deflagrada na manhã desta terça-feira (16), pela polícia do Complexo de Operações Policiais Especiais (COPE), polícia civil, Radiopatrulha, Divisão de Inteligência (Dipol) com o objetivo de combater o tráfico de drogas e armas.

A Operação Gavíria foi chamada assim em alusão ao ex-presidente da Colômbia, entre 1991 e 1994 e foi o combatente que desarticulou o Cartel de Medellin, uma das grandes facções criminosas do mundo. Segundo o assessor de comunicação da Secretaria de Segurança Pública Renato Nogueira, essa organização criminosa foi combatida hoje pela polícia sergipana, uma das principais organizações do Brasil, já que articulava o tráfico de drogas e o tráfico de armas em pelo menos cinco estados brasileiros.

A operação contou com mais de 60 policiais, no total, 14 pessoas dessa organização criminosa foram presas em 4 quatro estados, em Sergipe, na Bahia, em Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Em São Paulo foi preso também Adelmo de Andrade dos Santos, conhecido como Barão, sendo articulador da quadrilha. Ele foi preso em Auriflama no estado de São Paulo. A chegada dele está prevista em Aracaju na madrugada dessa quarta-feira (16).

Em Sergipe, 9 pessoas foram presas. As prisões no estado aconteceram nos municípios de Aracaju, Barra dos Coqueiros e Itaporanga D’Ajuda. Seis já estavam presas em situações pontuais e mais três foram presas na madrugada desta terça. Segundo o Diretor do COPE, Jonata Evangelista André foi preso em Itaporanga D’Ajuda mas só dará detalhes em coletiva quando o articulador, conhecido como Barão chegar a Aracaju.

O delegado Osvaldo Resende comandou a operação de posteriormente dará os detalhes.