Sergipe

11/02/2016 às 11h25

Polícia militar apresenta balanço das ocorrências no Carnaval da capital e interior

Redação Portal A8

Todas as cidades que foram realizadas festas tiveram um policiamento ostensivo. O comandante da Polícia Militar, Coronel Iunes participou da coletiva à imprensa na manhã desta quinta-feira (11) e agradeceu a participação dos policiais nas operações realizadas durante Carnaval. Segundo ele, a ausência do Pré-Caju fez o policiamento atuar de forma diferenciada, outro motivo que modificou as ações foi a suspensão dos carnavais no interior, o que fez concentrar maior público no Rasgadinho.

“O acréscimo das ações dos policiais é o compromisso da polícia militar, levamos em consideração que Rasgadinho superou as expectativas pelo público que esteve presente. A preocupação maior sempre é com os arrastões, mas a resposta dada foi realizada através desse trabalho dos comandantes do policiamento do interior e da capital”, explicou. 24 ocorrências foram registradas no Rasgadinho.

O comandante do policiamento da capital, Tenente Coronel Luiz, informou que o Rasgadinho se afirmou como um evento cultural e que foi um evento com pequena quantidade de problemas, por ser um evento de família. Foram utilizados vários policiais, de modo a transmitir a segurança a esse folião que voltou as ruas. No total sete prisões foram efetuadas no Rasgadinho, sendo feitas 17 termos circunstanciados, em que foram ouvidos por ter cometido um crime de menor porte.

Poucos roubos foram registrados, porque foi feito um grande esforço da polícia com relação ao policiamento ostensivo na área periférica do Rasgadinho, tivemos a Radiopatrulha, a Cavalaria, o Batalhão de Choque, a própria CPTRAN todos com isso reduzimos a possibilidade de atuação desses marginais.

Já no interior foram registradas 50 ocorrências nos dez eventos que aconteceram no estado. O comandante do policiamento no interior, Tenente coronel Elisiel, a maior quantidade de ocorrências foi no carnaval de Neópolis, onde teve a maior quantidade de público. A polícia esteve atuando desde a sexta feira, até a terça feira a noite. Na praia do Saco em Estância, 16 equipamentos de som foram apreendidos.