Sergipe

04/02/2016 às 14h29

Mais de mil policiais estarão trabalhando no policiamento durante o carnaval

Redação Portal A8

Foto: Portal A8SE
Durante coletiva na manhã desta quinta-feira (04), a Polícia Militar de Sergipe divulgou o planejamento de policiamento durante o carnaval. Ao todo serão 1.300 policiais empregados no policiamento da capital e do interior do estado.

De acordo com o tenente coronel, Elisiel Rodrigues, comandante do policiamento do interior do estado, o policiamento será realizado de Neópolis a Poço Verde, com a aplicação da CPRv, GATI e dos Batalhões de Área. “Só em Neópolis teremos mais de 300 policiais aplicados é nosso maior carnaval, onde teremos carnaval de cortejo de rua durante o dia e de palco no período da noite, em local fechado. Faremos o bloqueio nos acessos da cidade e acompanhamento dos cortejos diurnos com o GATI e Batalhão da Área e vamos ter policiamento periférico do evento fechado a noite. Além da aplicação dos alunos do Cfap”, destacou.

O policiamento também estará presente em Pirambu, mesmo sem haver o tradicional carnaval que todos os anos é realizado pela prefeitura. “Em Pirambu nos foi informado que a prefeitura não faria o arrastão, mas no entanto, iria apoiar serviços urbanos a blocos que foram confirmados. Em três dias estaremos lá com policiamento acompanhando alguns blocos”.

Outras cidades que também estão com a festa de Momo confirmada são: Poço Redondo, Glória, Cumbe, Carmópolis e no povoado Aguada, na praia do Abaís, em Simão Dias e Itabaianinha.

Em Aracaju o policiamento também foi reforçado. Segundo o tenente coronel, Luiz Azevedo, comandante do policiamento da capital, toda estratégia com relação ao carnaval já foi montada. “O policiamento ordinário que é feito nos 365 dias do ano continuará sendo feito, não será retirada se quer uma viatura, o efetivo do carnaval é extraordinário. Policiais do setor administrativo que vão passar ao operacional. Todo o efetivo estará direcionado para o policiamento do carnaval e os demais no policiamento do dia a dia”, relatou.

O policiamento da capital irá se dividir entre o Rasgadinho, Caueira e a Atalaia Nova, que terão eventos nos cinco dias de carnaval. “Os eventos foram devidamente planejados e organizadores. Temos expectativa de público, pontos críticos e tudo planejado”.

Paredões

Sobre os paredões de som, o comandante do policiamento da capital, destacou que o que irá prevalecer é o bem-estar da população. “Na Caueira, onde tem maior ocorrência de paredões de som, eles não estão liberados. Estamos atentos a perturbação de sossego, paredões não são autorizados e vamos atuar efetivamente. Se o paredão estiver perturbando sossego será apreendido.