Sergipe

02/02/2016 às 17h46

Grupo criminoso acusado de diversos delitos no sertão sergipano é desarticulado

SSP/SE

Em Nossa Senhora da Glória, sertão sergipano, as polícias civil e militar desencadearam, nesta terça-feira (2) uma operação conjunta visando desarticular um grupo criminoso que promovia diversos delitos na região, entre eles, o roubo a um empresário residente no município que teve sua propriedade invadida na última sexta-feira, 30. Foram presos três homens e apreendidos dois adolescentes por agentes da Delegacia Regional de Glória e militares da Companhia Especializada em Operações de Caatinga (Ceopac).

De acordo com o responsável pela Delegacia Regional de Nossa Senhora da Glória, delegado Jorge Eduardo, na ocorrência que motivou a expedição dos mandados de prisão, três indivíduos adentraram a residência do empresário e utilizaram da força bruta para ameaçar os proprietários. "Eles espancaram as vítimas e roubaram seus pertences. O grupo formado por seis indivíduos, se reuniu e arquitetou os detalhes com as informações repassadas por um dos adolescentes. Na segunda-feira, 1º, foram solicitadas as preventivas e na manhã de hoje, o Poder Judiciário deferiu os pedidos, o que resultou na prisão dos acusados", detalha Jorge Eduardo. 

Foram presos Jose Clésio Santos, 32 anos; Osmar de Oliveira, 26; Salvio Ran Santos Evangelista, 23; Douglas da Silva Soares, 20, e um adolescente de 16 anos de idade. Contra esse último, há a suspeita que seja fugitivo do Centro de Atendimento ao Menor (Cenam), dado ainda não confirmado pelas autoridades, posto que as diligências ainda estão em andamento.

As prisões ocorreram em sua maioria no conjunto Cohab e uma aconteceu no centro da cidade. O delegado de Glória ressalta ainda que há um foragido, ao qual investigações ainda estão em andamento para identificação do paradeiro.

Ceopac

Em apoio às investigações realizadas pela Polícia Civil, o Ceopac, juntamente com seu núcleo de inteligência, auxiliou no cumprimento dos mandados de prisões e apreensões. Cleverton dos Santos de Mota, 28 anos, conhecido como 'Bebeto', estava foragido da polícia e foi o autor do latrocínio [roubo seguido de morte] que vitimou o empresário Edson Brabec Barreto, no conjunto Parque dos Faróis, em Nossa Senhora do Socorro, no último dia 14.

De acordo com o capitão do Ceopac, Manoel Oliveira, os militares foram cumprir o mandado expedido contra Bebeto. " Ele, porém, reagiu à ação policial e entrou em confronto com os militares, resultando na morte dele. Um revólver calibre 38, utilizado por Bebeto no confronto, foi apreendido na ocorrência", informa o capitão.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) elucidou o crime no último dia 18, o que acarretou na época, na prisão de José Hugo dos Anjos Pereira, 18 anos. A vítima, junto com seu filho, foi comprar um terreno no referido conjunto, momento em que foram abordados pelos criminosos. A delegada Juliana Alcoforado detalhou que o senhor Brabec tentou fugir, ato que motivou os diversos disparos com arma de fogo.

Estiveram presentes também na coletiva, o delegado-geral, Everton Santos, e o assessor adjunto da PM5, tenente-coronel, William Vasconcelos.


Fonte: SSP/SE