Sergipe

02/02/2016 às 11h05

Carnaval: Campanha de prevenção contra HIV e IST é lançada em Sergipe

Redação Portal A8

Portal A8SE
Portal A8SE
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) lançou na manhã desta terça-feira (2) a campanha de carnaval focada na prevenção contra o vírus HIV e as Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST). Mais de 100 mil camisinhas serão distribuídas nos municípios que apresentam maior número de foliões durante o período carnavalesco.

De acordo com o gerente do programa estadual de IST/AIDS, Dr. Almir Satana, este ano, o projeto será executado em três eixos. “O primeiro ponto é conscientizar as pessoas a andar com camisinha. O segundo ponto é alertar para o excesso da bebida alcoólica. Esse excesso de bebida pode acarretar ao não uso da camisinha e também favorece acidentes de trânsito e homicídios. O terceiro ponto é fazer um lembrete no combate ao mosquito Aedes aegypti porque é muito comum, no carnaval, a locação de casas. As pessoas que se alojam nessas residências devem observar se há criadouros do mosquito que possam ocasionar doenças. Então, é uma campanha integrada para manter a saúde e bem-estar dos sergipanos”.

O gerente do programa de IST/AIDS também alerta para a doença mononucleose, conhecida como a doença do beijo. “A mononucleose é um vírus da família do herpes. Beijar muita gente ao mesmo tempo é moda no carnaval, e essa ação de sair beijando muita gente pode ser perigosa porque essa doença pode ser contraída”.

Portal A8SE
Segundo estudos, cerca de 50% dos jovens não usam preservativo durante relações sexuais ocasionais. “As pessoas não querem usar camisinha porque acham que não estão em risco, acham que a pessoa com quem se relaciona é saudável, e tem gente, simplesmente, que não quer usar. Isso é preocupante porque o HIV tem aumentado. Já estamos registrando um novo caso de AIDS por dia. O carnaval muda o comportamento sexual das pessoas e pesando nisso nós estamos alertando a população com essa campanha”, afirma Dr. Almir Santana.

A campanha será efetivada com profissionais da saúde de cada município. O projeto pretende orientar a população com folhetos e informações educativas. Os profissionais também irão distribuir camisinhas, porta-camisinhas e gel.