Sergipe

18/01/2016 às 18h03

Polícia desativa maior rinha de galo encontrada em Sergipe

SSP/SE

A Polícia Militar de Sergipe desativou, no último sábado (16), o que pode ser considerada a maior rinha de galo já encontrada no Estado pelo Pelotão de Polícia Ambiental (PPAmb). A guarnição comandada pelo cabo Givonaldo foi acionada, via Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), para verificar a denúncia de que no Povoado Gouveia, em Santo Amaro das Brotas, um grande número de pessoas costumava reunir-se aos sábados, a fim de participar de torneio de rinha de galo envolvendo apostas em dinheiro e até veículos.

Com apoio do Batalhão de Polícia de Radiopatrulha (BPRp) e da 4ª Companhia do 8º Batalhão de Polícia Comunitária (4ª Cia/8º BPCom), o Pelotão de Polícia Ambiental chegou ao local e flagrou uma grande estrutura para realização dos torneios de galos, composta por três arenas de alvenaria e certa quantidade de gaiolas também de alvenaria, nas quais os animais aguardavam para se digladiarem.

Durante a abordagem, os policiais verificaram dezenas de carros e motos, a maioria com placas de outros municípios. O responsável pelo local, que é militar reformado do Corpo de Bombeiros, assumiu a propriedade dos 24 galos que estavam no local e confessou que, todos os sábados, promove os torneios por entender que essa é uma prática desportiva. Na ocasião, foi também apreendida uma balança e um relógio para cronometrar o tempo de gladio dos animais.

Apesar da aglomeração de pessoas, o militar reformado assumiu sozinho a propriedade dos animais e do local. O homem assinou um termo circunstanciado e vai responder na Comarca da Barra dos Coqueiros por crime ambiental previsto no artigo 32, da Lei 9.605/98 (Lei de Crimes Ambientais).


Fonte: SSP/SE