Sergipe

12/01/2016 às 08h57

Advogado fala sobre lei que proíbe construção de usina nuclear em Sergipe

Redação Portal A8

Advogado Herbert Pereira alerta para a legislação estadual

O governo de Sergipe anunciou a que o estado pode abrigar um complexo de usinas de energia nuclear, com capacidade de até seis unidades, na área do Baixo São Francisco. Mas segundo o advogado Advogado Hebert Pereira, de acordo com a constituição estadual, Sergipe não pode instalar energia nuclear.

No parágrafo 8º do artigo 232 da constituição estadual diz que é vedada a construção de usinas nucleares em território estadual, inclusive o transporte de material atômico não pode ser feito. O assunto preocupa pelos riscos que são

Mas o advogado acredita que essa lei pode ser modificada, já que o governo tem maioria na assembleia legislativa. “É bem verdade que o governador tem a sua maioria na assembleia, mas ficamos surpresos sobre esse assunto ser repercutido na mídia, um assunto já foi discutido, na matéria publicada no site do governo, ele pretende discutir com a população, mas as tratativas já estão avançadas”, explica o advogado.

Confira o trecho da constituição estadual:

§ 8º Ficam proibidos a construção de usinas nucleares e depósito de lixo atômico no território estadual, bem como o transporte de cargas radioativas, exceto quando destinadas a fins terapêuticos, técnicos e científicos, obedecidas as especificações de segurança em vigor.

Segundo Sales Neto, secretário de comunicação do governo, a instalação da usina nuclear ainda está em prospecção. Os investidores chineses estão estudando a implantação da usina em um dos quatro estados do Nordeste estudados, como Alagoas, Bahia, Pernambuco e Sergipe.

O secretário comparou a segurança da usina nuclear com a de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro que funciona há 40 anos sem nenhum registro, ele afirmou que não há riscos de maior proporção e que a usina trará empregos e recolhimentos para o estado. Além disso, há uma pretensão Ele comparou com a usina O secretário Eletronuclear estatal brasileira de energia nuclear está prospectando locais onde possam se instalar novas usinas, se Sergipe, não quiser Alagoas fica sem os recursos.