Sergipe

08/01/2016 às 07h36

Ex-presidiário que raptou jovem é morto em confronto com a polícia durante resgate

Redação Portal A8

Everton de Santana Oliveira Junior, responsável pelo crime de sequestro de Monaliza, foi morto em confronto com a polícia durante resgate na noite desta quinta-feira (08). Policiais civis de Sergipe receberam informações de que o Everton, mais conhecido como “Perna Podre” estava no município de Euclides da Cunha, na Bahia.

Segundo o delegado de Lagarto Hilton Duarte, Everton resistiu à prisão e entrou em confronto com a polícia. A operação contou com oito policiais de Sergipe e uma equipe da polícia de Euclides, mas ele optou pelo confronto, foi atingido e foi a óbito.

Na casa onde foram encontrados pela polícia estavam, Felipe Peixoto de Jesus Lima, comparsa de Everton, que foi preso em flagrante por ter feito parte do crime de sequestro da garota, um senhor e a namorada do comparsa.

No momento em que a polícia chegou ao local Monaliza estava sentada no sofá, ela informou que foi colocada a força no carro, o que confirmou o sequestro.

Durante coletiva realizada na manhã desta sexta-feira (08), o delegado Hilton Duarte informou que a casa era localizada na zona rural de Euclides da Cunha, e que o carro utilizado no sequestro é roubado e já teria modificado a placa do carro, para regularizar. "Everton pretendia morar com ela nessa cidade, onde já havia alugado uma casa", explica.

O sequestro

A família da jovem Monaliza Costa Silva, 17 anos, viveu momentos de desespero desde a noite da última segunda-feira (04), quando a adolescente foi raptada na porta de casa, na cidade de Lagarto.
De acordo com informações de familiares, Monaliza foi levada em veículo Gol de cor branca. Um homem identificado como “Júnior Perna Podre”, fugitivo da Delegacia Regional, teria colocado a jovem dentro do carro e fugiu.

Ainda segundo a família, a adolescente já foi namorada do foragido. A mãe de Monaliza prestou Boletim de Ocorrência na Delegacia Regional de Lagarto.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), é confirmada a informação de que o homem que raptou a jovem é o fugitivo da polícia. O caso está sendo investigado pelo delegado de Lagarto, Hilton Duarte.