Sergipe

22/12/2015 às 10h27

Terceirizados do HUSE paralisam atividades em protesto por atraso de salários

Redação Portal A8

WhatsApp
Trabalhadores terceirizados do Hospital de Urgência de Sergipe (HUSE) paralisaram as atividades no início da manhã desta terça-feira (22) e se concentraram em frente a Urgência da unidade hospitalar. São cerca 300 funcionários, entre maqueiros, recepcionistas e telefonistas, que reclamam de salários atrasados.

De acordo com uma das funcionárias, que preferiu não ser identificada, há dois meses que eles nãorecebem o salário e há a incerteza na data do recebimento. “Eles prometeram que três datas de pagamento e não cumpriram, chegou hoje eles disseram que só vão pagar depois que a gente entregar o exame admissional, mas já que é assim deveriam ter pedido antes e não agora já quase no final do mês”, reclamou.

Segundo funcionários, por conta da suspensão dos serviços, houve problema na marcação e um homem chegou a ficar no chão da Urgência por falta de maqueiros para recebe-lo.

Ainda segundo a funcionária, o problema começou quando uma nova empresa terceirizada assumiu a contratação, em novembro, desde então os funcionários não recebem.

De acordo com a assessoria do HUSE, foi realizada uma reunião na manhã de hoje, entre os trabalhadores e a direção do hospital para explicar a situação. Ainda segundo a assessoria, houve uma troca na empresa no mês de novembro e como alguns funcionários não realizaram um novo exame admissional, os salários acabaram não sendo pagos.

A situação foi esclarecida e os trabalhadores já estão fazendo os exames e assim que entregarem vão receber o pagamento. A assessoria também afirmou que a paralisação foi rápida e não causou prejuízos no atendimento.