Sergipe

11/12/2015 às 08h39

Secretaria Continua realizando Mutirão de bloqueio ao Aedes Aegypti

Assessoria de Itabaiana; publi

Equipe dos agentes de saúde e endemias da secretaria de saúde de Itabaiana está realizando no Conjunto Euclides Paes Mendonça um verdadeiro mutirão de bloqueio de combate ao Mosquito Aedes Aegypti.

Nesse trabalho participam 22 agentes de endemias e 23 agentes de saúde onde foram realizadas 943 visitas.

Trabalho dos Agentes

O controle da dengue, chicungnya e Zica representa um grande desafio para profissionais de saúde e para a população. O trabalho de prevenção dos focos de mosquito Aedes aegypti depende do envolvimento de todos e, principalmente, da presença dos agentes de combate às endemias (ACE) - usualmente conhecidas como agentes de combate à dengue -nas rotinas de visitas residenciais.

Esses agentes realizam inspeções criteriosas em depósitos, terrenos baldios, caixas d’água, calhas, telhados e no interior das residências. Aplicam larvicidas e inseticidas quando necessário e orientam a população a respeito da prevenção e controle de doenças como dengue, chagas, leptospirose e raiva.

Identificação

Ao atender um agente de combate às endemias, o morador deverá observar algumas particularidades. O agente da Prefeitura de Itabaiana deve se apresentar com uniforme, portando crachá de identificação como servidor da Secretaria Municipal de Saúde e bolsa com material de campo.

O agente deve se identificar com clareza e objetividade, informando sobre os objetivos da visita domiciliar e solicitando permissão para adentrar o imóvel.
No decorrer da visita, juntamente com o responsável pelo imóvel, o ACE deve orientar e avaliar as situações de risco remanejando e ou eliminando os recipientes que possam acumular água e ou que não tenham utilidade. O agente deverá tratar corretamente com larvicida aqueles recipientes que não puderem ser eliminados.

Na parte interna do imóvel, o ACE deve adentrar em todos os cômodos, sempre em companhia do responsável e orientando sobre medidas preventivas. Se encontrar foco de mosquito, o agente deve apresentar ao responsável, buscando identificar e eliminar as condições do ambiente e os hábitos que ocasionaram a proliferação do mosquito.

Em caso de algum familiar apresentar sintomas da doença, o ACE irá orientar sobre a necessidade de buscar atendimento médico em uma unidade de saúde.

Ainda no imóvel, o agente deve registrar os dados da visita nos formulários de campo, bem como assinar a ficha de visita domiciliar que usualmente está afixada atrás da porta da cozinha ou banheiro. Por fim, deverá agradecer pela atenção e informar o prazo previsto para a nova visita.
Se eventualmente ocorrerem dúvidas em relação à visita do agente de combate às endemias, o morador poderá ligar para o telefone 99872 – 0598 Ouvidoria da Saúde.

A Prefeitura de Itabaiana está fazendo a parte dela, mas não é suficiente. É muito importante que a população colabore limpando seus quintais e retirando qualquer objeto que possa acumular água. Somente em ação conjunta será possível eliminar o mosquito Aedes Aegypti do nosso município.


Fonte: Assessoria de Itabaiana; publi