Sergipe

10/12/2015 às 09h51

Sergipano é eleito o melhor escritor contista do Brasil

Ascom/IFS

O aluno Enzo Luiz Cunha Guedes, 17 anos, do curso de Alimentos do Instituto Federal de Sergipe – Campus Aracaju, foi escolhido melhor escritor contista do Brasil, na categoria de 12 a 18 anos, na terceira edição do Concurso de Contos Latino-americano “O Futuro em Nossas Mãos”, promovido pela Fundação Mapfre, que reuniu 18 países e teve seus vencedores anunciados semana passada.

 “O ladrão de futuros” foi eleito o melhor conto entre as 20 obras finalistas que concorreram ao prêmio no Brasil. A premiação deverá acontecer ainda esse mês em São Paulo. “Estou feliz, especialmente por saber que concorri com outros bons contos, mas a banca julgadora reconheceu em minha obra algo diferente, é isso que me deixa motivado” afirma o estudante.

Para o diretor-geral do IFS – Campus Aracaju, Elber Gama Ribeiro, a premiação significa um momento para refletir sobre o futuro, objetivos de vida e sobre a relevância da educação na consecução dos sonhos. “Esse reconhecimento deve fomentar ainda mais a busca pelo conhecimento, conduzindo à percepção de que através da educação sempre é possível alcançar o tão sonhado sucesso! Por isso ficamos muito felizes e orgulhosos com o resultado obtido por nosso aluno Enzo”.

Inspiração

O jovem, que ingressou no IFS - Campus Aracaju em 2014, teve em sua mãe o incentivo para se tonar um escritor. “Procuramos investir muito na educação dos nossos dois filhos. Quando eles eram menores dávamos livro como presente, daí o hábito da leitura”, conta a missionária Paula Cristina Oliveira Cunha.

No Concurso de Contos Latino-americano, Paula passou de mãe à parceira. Ela foi a orientadora do filho e também será premiada pela Fundação Mapfre. “Estou cheia de orgulho em saber que ele está sendo reconhecido. Tudo isso é resultado do esforço de Enzo que tem lido muito, dedicado muito tempo a estar com os livros”, afirma.

Depois de concluir o Ensino Médio, Enzo quer ingressar na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, PUC-Rio,  precisamente no Curso de Produção Textual (Formação de Escritor).


Fonte: Ascom/IFS