Sergipe

07/12/2015 às 09h09

População volta a cobrar permanência de diretora de posto de saúde no Santos Dumont

Redação Portal A8

Pacientes do posto de saúde João Oliveira Sobral, localizada no bairro Santos Dumont, voltaram a cobrar a permanência da diretora da unidade de saúde, Maria Edna, que foi exonerada do cargo na semana passada.

Na manhã desta segunda-feira (7), populares foram até a Secretaria Municipal da Saúde para tentar falar com o secretário Luciano Paz. Eles querem que a decisão de exoneração seja revogada.

“A gente veio, aqui, pedir para que ele reveja isso. Eu acho que isso é coisa política. Até mesmo pessoas que trabalhavam junto com ela estão sendo tiradas. Eu acho que o secretário deve ouvir o que Edna tem a dizer, isso tem que ser investigado”, afirma Edilene da Silva.

De acordo com Edilene, a exoneração da diretora teria sido motivada por aplicação de medicamento errado em uma paciente. “Disseram que aplicaram medicamento errado em uma moça lá do bairro. Mas nessa época, dona Edna estava de licença, e quando ela chegou prestou total assistência a paciente. Ela foi lá na casa da moça, colocou ela no próprio carro e levou para fazer os exames. Disseram que ele ficou com risco de perder o bebê, mas a moça está bem. Eu acho que fizeram isso para prejudicar a diretora”, conta.

Segundo a Edilene, a ex-diretora era muito querida por todos na comunidade. “Ela é uma pessoa maravilhosa. Atende a comunidade com carinho, é como se fosse uma mãe para a comunidade. Viemos para fazer um apelo que ouça dona Edna para ela poder se defender. Eu estou fazendo isso por minha família, pela comunidade. Se eles demitirem ela, estarão perdendo uma ótima funcionária”, conclui Edilene Silva.