Sergipe

01/12/2015 às 10h52

Funcionários da Deso realizam ato e pedem igualdade na carga horária da categoria

Redação Portal A8

Funcionário da Companhia de Saneamento de Sergipe – DESO, realizaram um ato em frente à sede da companhia na manhã desta terça-feira (01) para pedir igualdade entre a categoria. De acordo com a comissão organizadora do protesto, aa luta dos trabalhadores é pela campanha salarial 2015/2016 e pelo turno corrido para todos.

Pra uma das representantes da comissão de negociação do acordo coletivo, Samirinis Lemos,  essa paralisação é para marcar mais um ano do acordo coletivo, que já passou por duas rodadas de negociações com a Deso. “Nessas rodadas foram acertados vários requisitos e quando a contrapropostas da empresa foi recebida pelo sindicato, nós vimos que não contemplou nada daquilo que foi negociado e hoje estamos fazendo esse ato para marcar o nosso protesto diante da negociação não ter sido cumprida”, afirmou.

A servidora também destacou que entre os itens que estão sendo destacados estão a igualdade dos direitos, a isonomia e a mudança na carga horaria de trabalho. “Hoje existem dois tipos de trabalhadores, um com carga de 6h e outro com 8h. Há 11 anos estamos lutando para diminuir essa diferença e o ponto final é a carga horaria modificada e com isso a categoria visa a ampliação dos serviços prestados à sociedade para dois turnos e viabilidade econômica da empresa, corte de custos na folha de pagamento, tornando a empresa viável espantando de vez o fantasma da privatização”.

A servidora Givanilde Santos revelou que a categoria luta anualmente para diminuir a desigualdade e o último quesito que falta é a carga horaria igualada. “Essa diferença entre os profissionais da categoria só gera insatisfação e divisão entre os trabalhadores”, completou.