Sergipe

21/11/2015 às 10h48

Base do Samu 192 Sergipe no aeroporto Santa Maria começa a funcionar

Agência Sergipe de Notícias

A nova base do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe), localizada no aeroporto Santa Maria, em Aracaju, passa a operacionalizar nesta sexta-feira, 20. A estrutura é resultado de uma parceria do Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Fundação Hospitalar da Saúde (FHS), com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

Ao todo, 28 profissionais sendo 07 condutores e 21 técnicos de enfermagem atuarão na nova base do Samu 192 Sergipe. Já por plantão, estarão em atividade: 3 técnicos de enfermagem e 1 condutor.

Necessidade

A instalação da Base do Samu no aeroporto Santa Maria surgiu da necessidade de garantir mais eficácia no tempo resposta aos usuários e qualidade nos atendimentos.

“Durante o período de um ano, as equipes de regulação do Samu constataram que 85% das ocorrências realizadas pela Unidade de Suporte Básico (USB), que se encontra no Mosqueiro, estavam mais centralizadas nos bairros Atalaia, Augusto Franco, Santa Maria, conjunto Padre Pedro, 17 de Março e adjacências. A nossa meta é diminuir o tempo de deslocamento das ambulâncias visando os fatores trajetos e tempo percorrido”, esclarece a superintendente do Samu 192 Sergipe, Conceição Mendonça.

"Os moradores da Zona de Expansão terão a mesma qualidade e eficiência nos atendimentos pré-hospitalares realizados pelo Samu 192 Sergipe”, disse a gestora.

Estrutura da Base

A nova base do Samu conta com dois containeres que irão abrigar os profissionais além da instalação de uma rampa de acesso para receber a Unidade de Suporte Básico (USB) do Samu. A nova base funciona em um espaço anexo, localizado na lateral do aeroporto e ainda conta com sala de repouso e copa.

Duas motolâncias também estarão auxiliando o atendimento. “As duas motos estarão concentradas na nova unidade, que é considerada ponto estratégico da cidade. Elas chegam de 3 a 5 minutos antes das ambulâncias, tempo que pode definir na manutenção da vida. A medida serve para garantir o atendimento pré-hospitalar em curto espaço de tempo”, finaliza a superintendente do Samu 192 Sergipe, Conceição Mendonça.


Fonte: Agência Sergipe de Notícias