Sergipe

17/11/2015 às 09h45

Incêndio em posto de combustível destrói cinco veículos

Redação Portal A8

Um incêndio foi registrado na madrugada desta terça-feira (17) em um posto de combustível localizado na BR 101, EM Nossa Senhora do Socorro. Cinco veículos que estavam estacionados no local ficaram totalmente destruídos. O fogo começou por volta das 1h30 e apesar do susto e do prejuízo, ninguém ficou ferido.

O caminhoneiro Marinaldo Bispo da Silva, teve o caminhão totalmente destruído e conta que acordou com o calor do fogo. “Eu estava dormindo dentro do caminhão e acordei com a quentura, aí peguei a bolsa e corri. Fiz de tudo para apagar, mas não teve jeito. Os bombeiros demoraram a chegar. Fiquei doido aperreado”, relatou o caminhoneiro.

O borracheiro Neilton Muniz Santos, contou que foi tudo muito rápido. “Foi feio, num instante um fogo pequeno tomou conta da carreta e de tudo. Agora não aproveita nada, só pro ferro velho. Veio muita gente ver, a explosão foi alta. Sorte que ninguém se machucou”, comentou.

Outro caminhoneiro que dormia no posto, Messias da Silva, também acordou com o suto. “Nem imagino como começou. Estava dormindo no oposto e escutei a primeira explosão, não pensei que fosse fogo, depois escutei a segunda, aí escutei o povo falando fogo, resolvi descer e já vi o fogo. Foi mesmo que pólvora pegou fogo em tudo”, falou o caminhoneiro que ressaltou. “Se a boca dos tanques fosse nesse lado, o posto voava. Sorte que o meu caminhão estava descarregado”.

Os caminhões que não ficaram totalmente destruídos, tiveram as cargas derretidas. De acordo com a relações públicas do Corpo de Bombeiros, o fogo foi controlado em tempo satisfatório. “Foram 15 mil litros de água e 40 litros de gerador espuma. Três carros de combate a incêndio foram designados para atender a ocorrência, por se tratar de um posto de combustível, um local de alto risco, fomos prevenidos”, destacou.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, as primeiras informações são de que o fogo iniciou em um dos caminhões. “Somente com uma perícia para se ter informações mais conclusivas, mas a perícia só é realizada se o proprietário do posto ou de algum dos veículos solicitar, ou no caso da polícia civil ter indícios de um incêndio criminoso, nesse caso a perícia fica por conta deles”, afirmou.