Sergipe

12/11/2015 às 08h35

Suspeito de assaltar clínica no Orlando Dantas foge da delegacia enquanto prestava depoimento

Redação Portal A8

Um dos dois assaltantes que foram presos no final da manhã desta quarta-feira, após realizarem um assalto em uma clínica no conjunto Orlando Dantas, conseguiu fugir da delegacia para onde foi encaminhado.

No momento em que prestava depoimento, Márcio Dourado dos Santos, 20 anos, conseguiu soltar uma das mãos das algemas. Ele fugiu correndo pela porta da frente da Delegacia de Turismo, na Orla de Atalaia. Márcio é sobrinho de um Policial Civil. O outro suspeito permanece preso. Ele foi identificado como Reginaldo Barbosa dos Santos.

“Provavelmente, o delegado não percebeu ele realizando esses movimentos. No momento em que o delegado saiu, o suspeito conseguiu se desvencilhar e fugiu em disparada ainda com a algema fixada e um dos braços”, afirma o diretor da Coordenadoria de Polícia Civil da Capital, Paulo Ferreira.

Os agentes policiais que estavam na delegacia ainda tentaram impedir a fuga, mas não conseguiram deter o suspeito. “Infelizmente, as nossas delegacias têm carência de policias. Estávamos no momento da ocorrência com o contingente reduzido que não conseguiu recapturar o suspeito”, diz Paulo Ferreira.

O assalto

A dupla foi presa após ter realizado um assalto à uma clínica odontológica. Eles rendem a atendente, dois clientes e recolhem objetos das vítimas que logo depois foram trancadas em uma sala. Eles se entregam minutos depois que a polícia chegou ao local do assalto. Os suspeitos já tinham passagem pela polícia por roubo.