Sergipe

10/11/2015 às 17h24

Ipesaúde esclarece procedimentos para renovação da carteira de beneficiário

ASN/SE

Com o intuito de oferecer todas as informações necessárias para que seus usuários mantenham sua situação regular, o Ipesaúde, através de sua diretoria de Cadastro, esclarece quais os procedimentos necessários para a renovação da carteira de beneficiário, que é o documento primordial, junto com o documento de identificação original, para o acesso a todos os serviços oferecidos.

De acordo com o diretor de Cadastro do Ipesaúde, Tiago Alves, a renovação da carteira é um procedimento muito simples, desde que toda a documentação seja apresentada corretamente. "Para a renovação da carteira do titular, é necessário que este apresente a sua carteira de identidade (R.G) original, o contracheque atualizado e a carteira antiga. Com estes documentos, todo o procedimento é realizado e a nova carteira impressa em minutos", esclarece o diretor.

Dependentes

O procedimento para a renovação da carteira dos dependentes é similar, exigindo o documento de identificação do titular, contracheque e a certidão de nascimento, no caso de filhos menores. Se forem universitários, é necessária a apresentação da carteira de trabalho (o que comprova que não há vínculo empregatício), a certidão de nascimento, carteira de identidade e CPF do dependente, além de uma declaração da faculdade/universidade, ou boleto de pagamento da instituição.

Para a renovação da carteira de esposa, também são exigidos os documentos de identificação do titular, acrescidos de identidade e CPF da esposa e, se trabalhar, o respectivo contracheque, onde a renda não pode ser superior à três salários mínimos. Caso não trabalhe, é necessária a apresentação da respectiva carteira de trabalho e, no caso de ser aposentada, o comprovante de aposentadoria.

No caso do beneficiário desejar inserir a companheira como dependente, é necessária a apresentação da declaração judicial da existência de União Estável; se solteiros, certidão de nascimento de ambos. Se separados, certidão de casamento averbada de ambos, além de contracheque (no caso da companheira trabalhar) e de identidade e CPF.

Há também a possibilidade de o beneficiário inserir seus genitores como dependentes, desde que haja efetiva dependência econômica, bem como regulamentações específicas para a inscrição dos dependentes de beneficiários oriundos da Prefeitura Municipal de Aracaju.

Informações mais detalhadas podem ser obtidas pelos telefones 3226-2708/2750, ou no setor de Cadastro, na própria sede do Ipesaúde, à rua Campos, 177, bairro São José, na capital.


Fonte: ASN/SE